• Supergasbras ouve agências e altera sua concorrência

    Supergasbras

    A Supergasbras relançou esta semana sua concorrência para a escolha de uma nova agência de publicidade. O convite feito em novembro último, para quase 15 agências, foi suspenso após a matéria da Janela que apontou diversas críticas por parte dos empresários cariocas de publicidade, motivando até uma convocação a boicote por entidades como o Sinapro e Abap.

    Logo após a suspensão, profissionais da empresa entraram em contato com as agências convidadas e ouviram suas ponderações, prometendo levá-las em consideração. Segundo donos de agências ouvidos pela Janela, o compromisso da Supergasbras seria valorizar mais, agora, tanto a capacidade criativa quanto, segundo informaram, a agilidade no atendimento.

    Agência única

    No novo briefing enviado às concorrentes, a Supergasbras deixa claro, já na abertura, que procura uma nova agência “full service”.

    Atualmente, a empresa é atendida por três agências na área de comunicação. A Artplan, agência principal, responde pela publicidade institucional, gestão de social mídia, criação de conteúdo e compra de mídia off e on. Além disso, a Supergasbras tem duas outras agências, na verdade bureaus de design (cujos nomes não foram revelados), para criação do site, e-mails, peças B2B e ações com influenciadores, entre outras atividades.

    O problema deste formato, diz a área de marketing, é dificultar a unidade, tanto nas demandas, quanto na comunicação. O que parece não compensar a atual vantagem, apontada pela empresa, de isso permitir mais velocidade e menor custo na criação das peças.

    Daí o objetivo, apontado no briefing, de contratar uma agência única para a conta, que é basicamente voltada para as soluções digitais.

    A despeito dos protestos do mercado, a Supergasbras alega não ter como alterar o prazo de pagamentos de 120 dias, já que isto é parte da filosofia da empresa em relação a todos os seus demais fornecedores.

    E a nova agência escolhida será remunerada através de fee mensal, cobrindo a comunicação institucional, a gestão de redes, monitoramento, relacionamento, mídia e BI. Mas a Supergasbras aceitará pagar por trabalhos extras, seguindo a tabela do Sinapro, no caso de demandar, por exemplo, grandes campanhas institucionais.

    O limite para as agências apresentarem suas propostas é 21 de janeiro de 2022.

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, Rádio Tupi FM, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    *

    code

    seta