• Santander volta à F1 e ao patrocínio da Ferrari

    Santander e Ferrari

    O Banco Santander está anunciando que fechou novamente parceria com a Scuderia Ferrari. Os carros de Charles Leclerc e Carlos Sainz em 2022, assim como o tradicional boné da equipe, voltam a exibir o logo da instituição financeira e, como parte da contrapartida, o Santander oferecerá à Ferrari soluções para apoiar seus planos de ser neutra em carbono até 2030.

    Para a temporada de 2022, já está confirmada a realização de 23 Grandes Prêmios e o Santander cita que alguns deles nos principais mercados de atuação do Banco, como o próprio Brasil.

    O Santander fez parte da Fórmula 1 de 2007 a 2017, sendo que, a partir de 2010, já com patrocínio à Ferrari.

    Não foi revelado o valor do patrocínio atual, mas em 2017, quando houve o rompimento, comentava-se no mundo da F1 que o espanhol Santander pagava 40 milhões de euros para exibir sua marca nos carros e nos macacões da equipe Ferrari, além de 10 milhões para anunciar nas corridas de F1. A verba de marketing geral do Banco Santander seria de 450 milhões de euros.

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE

     

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, Rádio Tupi FM, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    *

    code

    seta