• Binder cria dicionário online do politicamente correto

    Binder - Dicionário da Cidadania

    Em parceria com a Ação da Cidadania, a agência carioca Binder está lançando o Dicionário da Cidadania, onde os internautas poderão encontrar palavras que hoje são consideradas politicamente incorretas, como mulata, criado-mudo e baianada, e as explicações de por que não devem ser mais utilizadas, assim como suas alternativas.

    O objetivo, diz a agência, é “gerar reflexão e promover o debate sobre igualdade e inclusão”.

    A plataforma está sediada em dicionariodacidadania.org.br, onde também é possível enviar sugestões do que mais o usuário considera errado utilizar.

    O diretor-executivo da Ação da Cidadania, Rodrigo “Kiko” Afonso explica que a iniciativa se deve ao fato de que, para a entidade, “exercer a cidadania não é apenas combater à fome. Nosso papel é garantir a dignidade humana e o bem estar das pessoas”.

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADETupi FM e NovaBrasil FM
    Ficha Técnica

    Agência: Binder
    Cliente: Ação da Cidadania
    Diretor de Criação: Marcos Apostolo
    Diretor de Arte: Tatiana Rodrigues
    Diretor de arte Digital: Alex Paulo e Jéssica Bordoni
    Redator: Roberta Bichara
    Atendimento: Miguel Heuseler, Camila Lima e Bianca Torres
    Artbuyer: Gabriella Cardoso e Deborah Ragi
    Fotografia: Tick Oliveira
    Atores: Hamilda Bastos, Fábio Gozzi, Camila Olivieri, Joel Tavares
    Manipulação: Studio Casa Nova
    Produção: Cris França
    Aprovação: Daniel Carvalho de Souza e Rodrigo Afonso
    Marketing Social da Ação da Cidadania: Luciana Alves e Diego Cotta, Dara Bandeira

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    *

    code

    Discussão

    1. João Luis

      Gente, vi que no tal dicionário existe a palavra “criado-mudo”. Por favor, vamos parar de propagar fake news, notícias falsas. A etimOlogia dessa palavra da forma que está explicada no site não existe, é uma mentira.

      1. Marcio Ehrlich

        Que tal você contar aqui a que você conhece, João Luis? Seria útil para todos.

    seta