• Sem Carnaval de Rua em 2022, Prefeitura do Rio já fecha 2023 com a Dream Factory

    Carnaval de Rua do Rio

    A Prefeitura do Rio se livrou de ter que licitar o Carnaval de Rua do Rio de 2023. Como não aconteceu, por conta da pandemia, o Carnaval de Rua de 2022, o acordo feito com a Dream Factory e a Ambev foi integralmente transferido pela Riotur para o ano que vem.

    Os termos não mudaram. A Ambev manterá o patrocínio de R$ 38,9 milhões, enquanto a Prefeitura do Rio seguirá cobrando a outorga — que é o direito de a organizadora fazer seu trabalho — no valor de R$ 6 milhões, mais do que o dobro do que havia sido exigido em 2020, que foi R$ 2,7 milhões.

    A Dream Factory há mais de 10 anos assina o evento. E, no final de 2021, quando a Riotur convocou o mercado a oferecer propostas para realizar o Carnaval de Rua de 2022, apenas a agência apareceu, ancorada, mais uma vez, pela indústria de bebidas.

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADETupi FM e NovaBrasil FM
    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    *

    code

    seta