Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 17/DEZ/1996
Marcio Ehrlich

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

Propeg rompe sociedade com agência de Cláudio Carvalho

Foi confirmada esta semana a separação das agências Cláudio Carvalho e Propeg, conforme esta coluna já havia suspeitado desde que a Propeg inaugurou uma sede independente na Torre do Rio Sul, levando grande parte da equipe de profissionais que estava na Cláudio Carvalho.
Com a separação, a agência de Cláudio muda-se para um escritório na Avenida Rio Branco 1, onde continuará atendendo ao Governo do Estado do Rio e outros pequenos clientes que ela mantém desde antes da fusão.
Na Propeg, que continua na Torre, fica a conta da companhia aérea portuguesa Tap e as contas da Petrobras e da Eletrobrás, conquistadas em concorrência pública pelo escritório nacional da Propeg CS, que era sediado em São Paulo.

Standard Ogilvy compra a Denison-São Paulo

A Denison-São Paulo, presidida pelo publicitário baiano Sérgio Amado, está trocando a Bates, à qual estava associada, pela Ogilvy & Mather.
Esta semana, a Denison oficializa a sua venda para a Standard Ogilvy, braço brasileiro daquele grupo publicitário internacional, que com isso deve chegar ao quarto lugar no ranking brasileiro de faturamento, alcançando cerca de R$ 48 milhões.
A Denison-São Paulo surgiu pelo desmembramento da sociedade da agência com a Denison­Rio. As duas quase voltaram a se juntar, mas foram impedidas por dificuldades nas negociações entre os respectivos sócios e por conflito entre alguns clientes dos dois lados.
Com o fim da Denison-Bates, absorvida pela Standard, reabre-se o caminho para a Denison-Rio ter um escritório em São Paulo com o seu próprio nome.

Ronaldo Conde deixa Pubblicità e troca criação por novos negócios

O redator Ronaldo Conde, que estava como diretor de criação da agência carioca Pubblicità & Esquire, muda de pouso no começo do ano de 97: ele começa na V&S, agência para onde também está indo a conta do jornal O Dia, cujo diretor de marketing, Antônio Kriegel, já trabalhou com Ronaldo no tempo em este dirigia o escritório carioca da Almap e Kriegel comandava o marketing da Pepsi­Cola.
Na V&S, Ronaldo não se ocupará da criação, principalmente porque a agência tem no comando da área, além do próprio sócio Lula Vieira, o redator José Guilherme Vereza. Além de acompanhar a conta do jornal O Dia, ficará com Ronaldo funções como Projetos Especiais e Desenvolvimento de Negócios.

TV Globo vai virar cliente de agências de propaganda

Em 1997 a Rede Globo de Televisão deve diminuir as atividades de sua house-agency Agência da Casa, passando a trabalhar com pelo menos quatro agências de propaganda.
A emissora já começou a levantar nomes de agências que serão convidadas a participar de uma concorrência, que terá, entre os jurados, Roberto Irineu Marinho e o próprio Boni, José Bonifácio Sobrinho.
Uma das agências que estão fortemente cotadas para poder divulgar que têm a conta da Globo é a paulista Talent, do planejador Júlio Ribeiro, que já tem feito alguns jobs de propaganda para a casa.
Segundo comentários que chegaram até esta coluna, pelo menos uma das quatro agências com que a Rede Globo vai trabalhar terá que ser sediada no Rio de Janeiro.

Cardim leva Laís e Cyl para diversificar produtora

O diretor de comercial Roberto Cardim, agora dono de sua própria produtora - que, aliás, leva o seu nome - passa a contar com dois associados com o objetivo de trazer novas produções que não sejam necessariamente na área de filmes para televisão. São eles Laís Chamma (ex-Estrutural), que estava na área de atendimento da Pubblicità e o glorioso Cyl Farney, que carrega consigo a experiência de dezenas de participações em filmes (foi o maior galã do cinema nacional) e ter sido sócio da maior produtora carioca de vídeo, a Tycoon.

MKTMIX MKTMIX

• PARABÉNS PRA VOCÊ - A Janela se abre para comemorar os próximos aniversários do mercado: Dia 17: Márcia Braga (Diretora da KMB); Dia 18: Carlos Santos Paes (Diretor RTVC da McCann), Nádia Rebouças (Diretora da FCB); Dia 19: Álvaro Magalhães (Diretor de Arte da Standard), Carlos Negreiros (Diretor de Arte da Publicis Norton); Dia 20: Marcos Silveira (Diretor de Criação da Doctor); Dia21: Fernan Hurel (Diretor de Criação da Década).
• PUBLICITÁRIO DE BATON - A agência Denison-Rio pegou a conta do chocolate Baton, que estava na W/Brasil há 8 anos. Com isso, a agência fica com a linha principal de produtos da Garoto, que além de Baton tem o bombom Serenata de Amor e os excelentes tabletes Talento.
• ENTRE PRODUTORAS - O diretor de comerciais Ronaldo Soares desligou-se da produtora Yes, que está sob a gerência de Leonardo Servolo desde que seu sócio principal, Chico Abreia, afastou-se para assumir a vice-presidência de criação da Artplan. Os comentários do mercado são de que deve se transferir para a Yes um conhecido profissional de atendimento de uma das maiores produtoras, cujas negociações ainda estão se realizando em sigilo mediano.
• MARKETING BEST - Será com um jantar no Jockey Club, na próxima quinta-feira, a exibição dos cases vencedores da premiação Marketing Best. O Rio tem algumas empresas envolvidas, entre as quais a Petrobras e o Barrashopping, com cases da Artplan, e a Xerox, com um case da Caio e da V&S.
• CARTAS - Correspondências para a Janela devem ser enviadas até 4ª feira para a Praia de Botafogo, 340 grupo 210, CEP 22250-040, Rio - RJ. Ou por e-mail para [email protected] A Janela também tem a sua versão on-line, encontrada em web.cip.com.br/ehrlich/janela.htm.