Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 21/NOV/1997
Marcio Ehrlich

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

Gorodicht separa-se de Solano mesmo sem vender pra Fischer

Marcelo Gorodicht
Marcelo Gorodicht

A Total, holding que controla a agência paulista Fischer, Justus, formalizou ontem à tarde para Marcelo Gorodicht, sócio fundador e presidente da agência carioca D+W, a sua proposta de associação, depois de quase duas semanas de entendimentos meramente verbais. Segundo Gorodicht, durante esta sexta-feira ele estará reunido com seus advogados para analisar todos os detalhes da proposta que, segundo ele, mesmo a partir de uma avaliação superficial, com certeza gerará uma contraproposta que somente na próxima semana permitirá alguma conclusão do negócio.
De qualquer forma, Gorodicht já adiantou à Janela que, independente da negociação com a Fischer, ele e seu sócio paulista Wagner Solano já haviam acertado o rompimento da sociedade a partir de janeiro de 1998. Pelo acordo dos dois, como ambos possuem a mesma percentagem na sociedade, Wagner ficaria com todos os clientes e o escritório paulista da agência - mudando o nome da empresa conforme desejasse - enquanto Marcelo e seus sócios ficariam com a operação carioca, voltando o nome ao de batismo da empresa: D+.
Gorodicht informou ainda à Janela que suas ações na D+W não estão sendo negociadas com a Total. Pelo negócio, ele continuaria como sócio e a Total assumiria as ações dos sócios capitalistas da agência: Mário Barreto (diretor da produtora Intervalo e o acionista com o menor percentual), Thomaz Wilson (sócio majoritário da Intervalo e também diretor financeiro da D+W) e o investidor maior, que apesar de Gorodicht se recusar a confirmar, é comentado fortemente no mercado que se trata do Banco Bozano Simonsen.
O presidente da D+W garantiu também que Barreto e Wilson concordaram em vender as suas participações na agência - assim como o direito ao nome "D+" para Marcelo - o que desmente totalmente informações que circularam sobre um possível interesse dos dois em manterem alguma operação da D+ em São Paulo, "ao menos com este nome", explicou Gorodicht, adiantando que o terceiro e misterioso sócio também concordou com a tese da venda das ações, dependendo apenas de estabelecer os valores a partir de agora.
Pelo andar das negociações, Marcelo Gorodicht acha totalmente prematuro especular sobre o nome com que a sua agência passaria a operar no Rio de Janeiro. Poderia ser desde "D+F, J" até "Fischer, Justus­Rio". O que ele tem certeza é que o negócio será muito bom para o Rio, já que recolocará finalmente de volta ao mercado a conta do Ponto Frio, que passou anos com a house-agency Fama e ultimamente vinha sendo cuidada pela Fischer em São Paulo. Além disso, diz Marcelo, lhe dará o prazer de retomar a parceria com Silvio Matos, primeiro e mais premiado diretor de criação da D+, que hoje, morando em São Paulo como diretor de criação da Fischer, Justus, tem entre suas responsabilidades a criação dos clientes da agência no Rio de Janeiro.

Naire Siqueira expande Lyra para produzir CDs terapêuticos

Naire Siqueira - Um Dia no CampoA produtora de fonogramas Lyra está agora com um subproduto que seu diretor Naire Siqueira aposta como de enorme potencial: o lançamento de CDs terapêuticos. Baseados em músicas do gênero "New age", estes CDs, diz Naire, "combatem o estresse ao atuar no lado direito do cérebro, proporcionando um exercício mental de criatividade que pode ajudar bastante os executivos de marketing".
Curiosamente, a entrada de Siqueira neste tipo de música se deu por intermédio da propaganda. A trilha que a Lyra criou para um comercial que divulgava uma promoção da Mesbla ligada à Natureza - premiada inclusive com Grand Prix do Colunistas Produção - alcançou um enorme sucesso, com a Mesbla recebendo do público diversos pedidos de cópias gravadas do material. Entre estes pedidos estavam os de grupos ligados à terapia pela música, o que acabou chamando a atenção do diretor da produtora para esse campo de trabalho.
O primeiro lançamento da Lyra é o CD "Um dia no campo", que Naire assegura ser capaz de tanto equilibrar o metabolismo do corpo quanto influenciar a pressão sanguínea e minimizar os efeitos da fadiga. Por enquanto, a própria Lyra é que está comercializando os CDs, pelo telefone (021) 255-8941.

MKTMIX MKTMIX

• PARABÉNS PRA VOCÊ - A Janela se abre para comemorar os próximos aniversários do mercado:
Dia 25, terça: Paulo Duarte (Diretor Operações da W/9+D);
Dia 27, quinta: Cláudio Carvalho (Dir. Presidente da Cláudio Carvalho), Leonardo Servolo (Diretor Geral da Yes Rio).
• AGENDA CHEIA - Mais um evento está marcado para os próximos dias no Rio: a festa de entrega dos prêmios do Festival de Londres. Será dia 27 de novembro, no Salão Mauá do Club One, às 20:00h. Quem está promovendo é a Stock Photos, cujo telefone no Rio é 239-6551. E para o dia 18 de dezembro já está confirmada a festa da produtora Yes, promovida pelo indefectível Antônio Carlos Accioly, no Espaço São Conrado.
• BANCO DE IMAGENS - O carioca Mauro Risch é o mais novo fotógrafo brasileiro a ter o seu material selecionado para compor o acervo do Image Bank, banco de fotos e filmes que está lançando o seu catálogo n° 21, "Annual", com 2500 imagens e que está sendo entregue acompanhado de um CD-Rom com 600 imagens destacando os temas "viagem" e "natureza".
• GENTE NOVA - A Década está com nova responsável pela área de atendimento, cuidando de contas como Master Price. É Daniela Vollmer, ex-Mental Mark, Pubblicitá e Casa da Criação. /// E na V&S, entrou como redator o gaúcho Marco Ferreira (ex-Ranking), que nem chegou a esquentar lugar na GR3. /// Na Contemporânea, está como free-lancer - podendo ser contratado em seguida -, o diretor de arte Rodrigo Rosman (ex-V&S), duplando com o redator João Bosco.
• NOVA GRIFFE - A Artplan está com cliente novo: a grife masculina Portmen, destinada ao público jovem e moderno, cujas primeiras seis lojas no Rio inauguram na próxima segunda-feira, 24. A campanha terá jornal e TV, numa verba de R$ 500 mil.
• SE SEGURA! - A conta da Generalli está deixando a Giovanni. A empresa abriu concorrência que está agitando as agências do Rio.
• RECORTES DE ARTE - A diretora de arte suíça Magy lmoberdorf - presidente da agência paulista Lage, Magy - está expondo seus desenhos em São Paulo na Galeria de Arte Mônica Filgueiras, até 20 de dezembro. A galeria fica na Rua Ministro da Rocha Azevedo, 927, com a exposição, batizada de "Recortes da Vida" sendo exibida das 11 às 19 horas.
• CARTAS - A Janela Publicitária é publicada todas as sextas-feiras. Correspondências para a coluna devem ser enviadas para a Praia de Botafogo, 340 grupo 210, CEP 22250-040, Rio - RJ. Ou para o e-mail [email protected]

Cartas

Do redator Eugênio Cony, por e-mail, pedindo pra ser-localizado:

Estou de volta ao Rio depois de nove anos em Florianópolis. Com uma caderneta de endereços e telefones completamente desatualizada. Foi o que descobri. Redescobri que a nossa velha Telerj continua a mesma:
- O número mudou. A senhorita poderia me fornecer o número de telefone atual?
- Perfeitamente senhor. É só me informar o endereço completo do assinante, o número da carteira de identidade do bisavô do assinante e o nome da vizinha do apartamento da frente. Não tem o menor problema.
Tem sido difícil. Muita gente se mudou de casa, de agência então nem se fala... Umas tantas acabaram, outras se juntaram promiscuamente, mudando de nomes e coisa e tal. O resultado é que tem sido difícil encontrar as pessoas que me conhecem e, através delas, um trabalho de novo aqui no Rio.
Meu telefone pra contato: (021) 557-31890 ou direto no celular (que tem prefixo de Santa Catarina, mas toca por aqui) (048) 972-0399.
Um grande abraço do Eugênio Cony.