Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 28/JUN/2002
Marcio Ehrlich

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

DPZ perde Leões de Cannes
A direção do Festival Internacional de Publicidade, encerrado na última semana em Cannes, decidiu esta quinta-feira retirar da agência brasileira DPZ os dois Leões de Ouro conquistados em Cannes para o gel KY, da Johnson & Johnson, nas categorias Cyber e Press & Poster, depois que a empresa anunciante comunicou oficialmente à imprensa que desconhecia a peça. No comunicado, dizia a J&J que o anúncio foi "produzido sem o envolvimento ou aprovação de qualquer um de seus funcionários". A empresa disse ainda que a conta do lubrificante gel KY está com a McCann-Erickson há mais de três anos e que "nesse período esta foi a única agência de publicidade a desenvolver materiais de divulgação da marca KY com sua autorização.
A cassação dos Leões foi divulgada pelo site da publicação americana Advertising Age (www.adage.com), que citou que, ainda durante o festival, George Gallate, presidente do júri de Cyber e CEO da Havas' Euro RSCG Interaction de New York, já havia afirmado que se a inscrição não era verdadeira, o Leão deveria ser cassado.
Desde que a McCann denunciou a ilegitimidade do trabalho, a DPZ tem-se recusado a atender a imprensa, declarando que "não se pronunciará sobre o assunto". No entanto, a matéria da Advertising Age coloca a agência em uma situação bastante delicada, por deixar a entender que a sua diretoria está transferindo a culpa do episódio na equipe do Rio. Diz o texto da AdAge que "após extensiva checagem conduzida pelo jornal O Estado de São Paulo, representante brasileiro oficial do festival, concluiu-se que a alta direção da DPZ foi pega de surpresa neste assunto. Ao que parece um criativo júnior do escritório da DPZ no Rio tomou esta lamentável iniciativa quando inscreveu inapropriadamente estas peças".
Não se sabe que atitude a DPZ tomará em relação a este "criativo júnior". Mas a Janela confessa seu estranhamento pela possibilidade de alguém de uma agência tão grande e séria como a DPZ fazer inscrições pela agência sem que ninguém mais lá dentro soubesse.

Caio Valli defente que agências selecionem produtoras.

Pool de produção gera protestos no mercado
Orlando Lopes, diretor da área de RTV do maior anunciante do Brasil, a Unilever, esclareceu à Janela que, ao contrário do que circulou no mercado recentemente, a empresa não está desprestigiando as agências, com a sua inserção na relação com as produtoras de filmes, já que o pool das quatro produtoras (JX, O2, Conspiração e Film Planet), que vão produzir todos os seus comerciais, foi escolhido pelos diretores de criação das suas agências J. Walter Thompson, McCann Erickson, Ogilvy e Lowe Lintas. Segundo Lopes, em cada job será feito uma concorrência na qual participarão 4 produtoras, podendo ser uma delas fora do pool, "se as agências acharem necessário".
— Não tínhamos controle interno das produtoras que fizeram os nossos comerciais nos últimos anos. Sem falar nas agências, que as vezes orçavam com a mesma produtora, explica.
Lopes disse que a mudança aconteceu pela necessidade de um "controle interno sobre a produção" - com a criação de um banco de dados com os filmes; para que o "marketing seja treinado a fim de agregar valor na produção"; e para otimizar processos, "dando uma maior transparência na negociação" com as produtoras. Orlando passa a ser o responsável pelo relacionamento comercial - nos aspectos quantitativos - e o diretor de marketing João Francisco Campos cuidará da relação com as aspectos qualitativos junto com as agências.
Alguns publicitários, no entanto, não se convencem com os argumentos. Para Caio Valli, presidente do capítulo carioca da ABAP, "não é o caminho mais correto. A agência não pode deixar de se sentir confortável para escolher com qual diretor e produtora quer trabalhar, sob pena de comprometer o produto final, perdendo assim a essência no processo criativo".
Juarez Precioso, diretor de cena da produtora carioca CaradeCão, não vê como uma tendência imediata no mercado, "pois são poucos os anunciantes que teriam condições de fazer isso de maneira competente. Também não penso que é melhor para as produtoras, todos os processos têm talentos específicos. Acho que o melhor caminho ainda é cada macaco no seu galho".
A despeito dessas opiniões, a posição da Unilever é apoiada pelo Clube de Criação do Rio, como revelou o presidente da entidade, Fernando Campos:
— É difícil acreditar que a agência será retirada do processo. O que está acontecendo é apenas um credenciamento de fornecedores. Se a agência participar job a job, não há nada de novo; na prática várias já trabalham assim. O que vejo é uma tendência à profissionalização dos anunciantes, o que é bom, permitindo aproximá-los das agências, que continuarão participando da escolha pelo pool de produtoras.

Colecionador resgata a propaganda de cartão-postal
Num país tão sem memória, finalmente nasce uma iniciativa para resgatar a propaganda nos cartões-postais, mídia muito utilizada na década de 30. O projeto é do colecionador Samuel Gorberg, que depois de 1 ano de pesquisas, está lançando o seu interessantíssimo livro "A Propaganda no Brasil através do Cartão-Postal: 1900 - 1950".
Com 408 páginas, o obra é dividida em 15 temas - entre eles agricultura, comércio, serviços, saúde, indústria e erotismo, em 1.980 cartões-postais, muitos deles comentados pelo autor:
— Meu objetivo é preservar a publicidade em cartões-postais, trazendo alguns exemplos inusitados, como cartões sobre comércio, quando havia a preocupação de mostrar o interior das lojas; sobre erotismo, quando o padrão de beleza era a gordinha; sobre indústria, quando se retratava a extração da madeira, entre outros.
O livro está à venda por R$ 130.

ADVB abre representação no Rio
A ADVB-Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil, lançou esta semana seu capítulo carioca, voltado para promover o encontro de pessoas de marketing e vendas, sendo a "provedora de business Network", como explicou à Janela o Presidente da entidade no Rio, Aleksander dos Santos, eleito recentemente Vice-Presidente da Federação das ADVB's. Como primeiro evento, a nova entidade — que já tem o seu site no endereço www.advbrio.com.br — vai realizar o encontro "O Rio que nós queremos", dia 14 de julho, com participação dos candidatos ao Governo do Estado do Rio. A associação também promete trazer para o Rio o "Top de Marketing", premiação que destaca os melhores cases de marketing de micro e pequenas empresas.

Database Marketing debate no Rio lealdade do cliente
O Rio sediará um evento do Instituto Brasileiro de Database Marketing intitulado "IDBM no Rio" no próximo dia 27, quinta-feira, no Espaço Cultural dos Correios, das 8:00h às 18:30h. Sob o tema "Maximizando a lucratividade e a lealdade do cliente", o encontro abordará assuntos como planejamento e comunicação dirigida, fidelização de clientes, database marketing, e-mail marketing, mídia postal, entre outros.
Aurélio Lopes (Datamidia,FCBi), Dennis Duffy (Loyalty Rules Inc), Francisco Rodrigues (AB Consultoria), Jeffrey Hanson Costa (da Acesso), Luiz Sá Lucas (Interactive Data System), Marcel Gotllieb (De Millus), Ricardo Villaça (Sul América Seguros), José Antonio Braga (Correios) e Luiz Buono (Fábrica) serão os palestrantes.
As inscrições podem ser feitas pelos telefones (11) 283-1824 e 3171-1299, ou pelo site www.idbm.com.br. O convite custa R$ 350 por pessoa.

Produtoras participam de campanha em prol das crianças
Dez produtoras, entre as quais as cariocas Twister, Limite, Prodigital e Tibet, mais o Instituto Ayrton Senna e o animador carioca Humberto Avelar (ganhador do anima mundi no ano passado) - assinam a campanha idealizada pelo Canal Futura, e apoiada pela Unicef, sobre os direitos da crianças, brincando com situações do futebol.
São pílulas de desenho animado de 45"a 2' que já estão sendo veiculadas no Canal Futura e, provavelmente, irão para as telas de TV de 60 países. Presentes no Estatuto da Criança, os 10 itens — "Igualdade", "Proteção", "Nome/Nacionalidade" e "Alimentação" —são abordados por cada uma das produtoras.
O desenho animado da produtora carioca Twister, por exemplo, traz alguns dos personagens criados da "Trupe do Didi" assistindo um jogo de futebol em um estádio. Um deles, como é surdo-mudo, não entende o que está acontecendo, mas recebe a ajuda dos colegas que se comunicam através da linguagem dos sinais.

Contas circulam pelas agências do Rio
Depois de três anos com a Comunicação Carioca, a Faculdade Veiga de Almeida acaba de entregar sua conta para a Campana, Resende & Resende (RJ). "Com a guerra de mercado das universidades, pretendemos aumentar a visibilidade da Veiga e melhorar sua imagem", explica à Janela, o sócio diretor de planejamento da agência - Carlos Campana - que ficará responsável pelo atendimento ao novo cliente.
Por sua vez, a Carioca comunica que o Laboratório Primá acaba de lhe entregar sua conta. O primeiro job será rejuvenescer e resgatar determinadas marcas, como Malvona, Senophile e Senopó. Tina Gribel cuidará do atendimento.
Na Doctor, a novidade é que a agência carioca passa a cuidar da comunicação do Grupo Lafarge, de materiais de construção e presente em 75 países, que no Brasil produz, além de gesso e coberturas, os cimentos Mauá, Campeão, Montes Claros e Ponte Alta.
Outra que comemora conquista é a Agência3, que venceu a concorrência com a paulista EugênioWG para o lançamento de um empreendimento residencial da Rossi e Cyrela, em Campinas, chamado Habitat Cambuí, que será colocado à venda em agosto.

Motrix propõe CD como peça promocional
Idealizada por Lúcia Prista, Rafael Prista (sócios) e Pedrosa Filho, a agência carioca Motrix acaba de criar uma ferramenta de marketing inusitada. Trata-se do CD Premiado, que disponibiliza um processo de promoção diferenciado para o cliente. A idéia é oferecer o produto para as indústrias fonográficas, que, no combate a pirataria, passariam a vender CDs com o selo "A Escutadinha da Sorte". Por exemplo, num determinado momento do CD o artista anunciaria algo do tipo "parabéns, você acaba de ganhar um aparelho de som". Perguntada sobre a fragilidade do produto, Lúcia garante que impossível de ser pirateado, pela forma como é desenvolvido".
A primeira séria de CDs premiados está prestes a chegar às prateleiras. A agência está na última fase de negociação com uma indústria fonográfica, que irá lançar uma promoção com um cantor, cujo nome ainda não pode ser revelado.
A ferramenta também possui outros fins. Segundo Lúcia, pode ser utilizada por qualquer empresa que queira presentear seus clientes de forma inovadora, como shoppings, eletro-eletrônicos, entre outros.

MKTMIX
* PARABÉNS PARA VOCÊ -
A Janela se abre para comemorar o próximos aniversários do mercado:
28/06, sexta-feira: Arnaldo Cardoso Pires, Kátia Viola, Alexandre Simas (Redator da Contemporânea);
29/06, sábado: Arthur Repsold (Diretor de Operações da Fagga);
30/06, domingo: Romeu Loures (Supervisor de Criação da Doctor), Sérgio Pavan;
01/07, segunda-feira: João Galhardo Jr. (diretor de arte), Luiz C."Gaucho" Cortabitart (Diretor da Mr.Vox), Reinaldo Paes Barreto, Vera Lúcia Oliveira (Diretora de RTVC), Thaísa Calvet (Atendimento da Millenn), Andréa Oliveira (Atendimento da Mr.Magoo);
02/07, terça-feira: Fábio Rodrigues (Diretor de Arte da Ad Hoc);
03/07, quarta-feira: Anita Olivares (Diretora da Prodigital);
04/07, quinta-feira: José Carlos Alves (Diretor de Mídia da Salles D'Arcy), Marcio Ehrlich (Diretor da Dinâmica Promoções);
* QUEIMAÇÃO DE FILME - O conhecido publicitário carioca Marcio Mascarenhas entrou em contato com a Janela para denunciar que ficou cego do olho direito e com 30% do olho esquerdo comprometido depois de atingido por resíduos da pedra de um isqueiro da marca Cricket. Há 7 meses ele entrou com processo na Delegacia do Consumidor, e até agora a empresa não se manifestou, deixando o processo parado. O mais assustador, conta Marcio, é que após a denúncia, ele, que está impossibilitado de dirigir e trabalhar, ainda tem recebido telefonemas com ameaças de morte para se calar. Será que os diretores da Swedish Match, uma empresa tão séria, sabem do que está acontecendo?
* OFERTAS DE EMPREGO - A Comunicação Carioca está buscando a contratação imediata de um (a) Assistente de Atendimento. A remuneração é de R$ 1.000,00. Favor enviar currículos para [email protected] . E a agência carioca Campanha, Resende & Resende, dos publicitários Carlos Campana, Paulo Resende e Sérgio Resende está à procura de um profissional júnior de atendimento, com experiência em shoppings e, de preferência, também em varejo. Os interessados devem mandar currículo para [email protected]
* EXPEDIENTE - A redação da Janela conta com a jornalista Juliana Bertrand.

REFORÇOS
Agência3 (RJ) - Chegam à agência o diretor de arte Anibal Guastavino Filho (ex-Carillo Pastore, Criativos do Brasil e QG Comunicação), e as profissionais de atendimento Sandra Braga (Ex-Produtora da Aquarela Filmes, Trinta Filmes e Cult) e Flávia David (ex-Década Comunicação, Millenn, V&S e Comunicação Carioca).
Campana, Resende & Resende (RJ) - O diretor de arte Paulo Brasil (ex-McCann Erickson e Artplan), a redatora Lara Jupová (ex-DPZ) e o executivo de conta Leonardo Santos (ex-Carioca) são os novos contratados da agência.
Zero11 (SP) - Contratou a executiva de contas Cacá Isola (ex-Ogilvy), que atenderá clientes como Fran's Café, Sadia, entre outros.
Conselho de Comunicação Social (CCS) - Seu primeiro presidente será o advogado José Paulo Cavalcanti, especialista no setor de comunicação. O vice-presidente eleito foi Jayme Sirotsky, um dos fundadores da televisão no Brasil e ligado à Rede Brasil Sul de Telecomunicações (RBS).
EugênioWG (SP) - Lílian Marra Nunes (ex-CaliaAssumpção) irá assumir o cargo de supervisora de atendimento do grupo de negócios de varejo imobiliário, entre eles Tecnisa, Setin, Cyrela e Abyara.
Grupo Sima Brasil (RJ) - Verônica Valentini (ex-Plêiade) é a nova executiva de atendimento para mídia eletrônica do departamento comercial. Também chegam à representante de veículos Felipe Verni (ex-Jornal do Brasil) e Roberta Ferreira (ex-Ditec Brasil).
ABTA - O diretor de Relações Institucionais das Organizações Globo, José Francisco de Araújo Lima, assume este mês a presidência do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Telecomunicações por Assinatura. Sucede o atual presidente da Net Serviços, Luiz Antônio Viana. Cumulativamente, Araújo Lima continuará exercendo o cargo de vice-presidente da Diretoria Executiva da ABTA.
Bates Brasil (SP) - Carlos Coelho, ex-diretor de criação da Lowe, é o mais novo reforço para a equipe de criação de Silvio Matos. Coelho, que já passou pela Leo Burnett e Salles atendendo clientes como Ford, Fiat, Nissan, Air France, fará dupla com o diretor de arte Richard Velloso. Entre alguns prêmios, Coelho já ganhou Clio, Fiap e Profissionais do Ano.
Thompson Digital (SP) - A unidade para Internet da J. Walter Thompson contratou a publicitária e escritora Gisela Rao, que assumirá o cargo de redatora, exclusivamente para o cliente TIM (Telecom Italia Mobile). Além de passagens pela DPZ e iG, Gisela é colaboradora da revista VIP Exame, colunista do portal iG ("Diário de Bordo"), e dos sites Árvore da Vida ("A Vida de Celeste") e WEB ("Lili on Line").
Shoptime.com (RJ) - Contratou Marcelo Lobianco (ex-Brainter) para o cargo de Diretor de Marketing, e Pedro Lorenzo (ex-Ponto Frio) como Diretor de Tecnologia e Logística.