Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 12/DEZ/2003
Marcio Ehrlich

 

AlmapBBDO aposenta VHS
A história de que o VHS estaria com os dias contados definitivamente chegou à propaganda. Este ano, a AlmapBBDO, uma das maiores agências do país, aposentou o tradicional cassete e produziu um DVD para apresentar o seu portfólio de 2003, que começou a ser distribuído esta semana para os públicos da empresa.
Junto com ele veio um luxuoso álbum em tamanho 31,5cm X 41,5cm, com miolo de 12 páginas impressas em cartão duplex, reproduzindo as peças gráficas. A apresentação remete aos conhecidos álbuns de histórias infantis, resistentes para ser manipulados por crianças. Tanto que desde a capa, o conceito do trabalho da agência é apresentado sob a forma de desenhos de bichinhos. A ilustração ao lado, por exemplo, significa que na AlmapBBDO não existe briga entre o cachorrão do planejamento e o gatinho da criação.
Não menos significativo foi o bichano escolhido para representar o cliente que está ouvindo a apresentação da galinha do atendimento: nada menos que um raposão...

Produtoras vão levar cariocas a Cannes
Um grupo de produtoras e estúdios do Rio está lançando uma promoção, batizada de "Vai pra... Cannes", que será lançada esta sexta-feira, durante o Umbigo de Fora, para levar 10 publicitários cariocas no mês de junho de 2004 para Cannes. O pool é formado pela Mauro Risch Fotografia Digital, Proview Produções, Studio Alfa e Zuêra Produções, que farão o sorteio num evento promocional no dia 01/06/2004.
O objetivo da campanha, explica Sérgio Horowicz, da Proview, é fidelizar os atuais clientes e criar o relacionamento com novos profissionais. No início do ano, o regulamento da promoção estará disponível nos sites das empresas do pool.

Chegou o dia de mostrar o umbigo
Manipulação: MEO show Umbigo de Fora, promovido por um grupo de criativos para dar oportunidade a bandas que têm publicitários em sua formação se apresentarem, acontece esta sexta-feira, 12, no estúdio do fotógrafo Aderi Costa, na Zona Portuária do Rio, com público esperado de 1500 convidados, o que promete um calor gaberel.
Tendo como patrocinadoras as produtoras Proview, Zuêra e Nova Onda, se apresentam os Mundanos (com Anderson "Hans", da 4x4), os Hill Valleys (com Pedro Américo, da 100%; e Rogério Boechat, da TV Zero) e a Fantasma (com Charles Nobili, da Giovanni FCB; Deko Schmidt, da CaradeCão; Fábio Seidl, da 4x4; Rafael Genu, da F/Nazca; Roberto Vilhena, da Artplan e os irmãos Bibo e Marcos Bassini, da Chorus e NBS). Essa última, como o nome indica, foi criada só para concorrer com as muitas que se inscreveram.
Assim como voltou a crescer o aparecimento de bandas entre garotos de 15 a 25 anos, os profissionais de propaganda decidiram nos últimos anos a não mais abrir mão de suas paixões adolescentes e tirar a viola, digo, a guitarra do saco. Uma vez por mês, por exemplo, o tecladista Cid Alvarez se despe da função de todo poderoso presidente das agências Quê e Next, para tocar rock no Bastidores, da Barra. Na DPZ-Rio, Luiz Vieira, diretor de criação, e Luiz Fernando Novaes, diretor de mídia, já montaram a sua banda. Fábio Seidl, que hoje toca na Fantasma, tem a sua banda Ack. Bassini também tem a sua. E quem vê Paulo Guazzi de touca na cabeça atacando de heavy metal não imagina que durante a semana ele milita no marketing do Ponto Frio.
E como hoje em dia DJ foi alçado a condição de músico, no Umbigo de Fora também tocarão os DJs Gustavo Bastos, da 100% e a dupla Caio e David Tabalipa, ambos da F/Nazca. Pra completar o programa, telões exibirão curtas de Bruno Pinaud (McCann), da dupla Fernando Campos e Carlos André Eyer (Giovanni FCB), de Rodrigo Lomelino (Agência3) e Eduardo Salles (VS) e de Marcio Juniot (Leo Burnett).

Jair leva Photoshop à escola pública
O premiado e irrequieto designer e diretor de arte Jair de Souza, da Vinte Zero Um, lança esta sexta-feira, no SESC-Rio de Madureira, o site oficial e o catálogo do seu projeto MeuMundo.Com, com trabalhos de 43 meninos e meninas adolescentes que, durante o mês de outubro, nos SESC de Copacabana e Madureira, tiveram aulas de tratamento de imagem e Internet.
O objetivo, explica Jair, é "abrir portas para o conhecimento, a criação e de novas perspectivas de vida, deixando os jovens soltassem a imaginação em trabalhos que expressassem um pouco do seu universo pessoal".
Durante as aulas, os alunos produziram manualmente, em primeiro lugar, trabalhos (pinturas, desenhos, colagens, esculturas etc) relacionados a quatro diferentes temas: eu, minha casa, meus amigos, minha cidade. Depois disso, monitores ensinaram aos alunos a escanear e trabalhar cada uma dessas quatro imagens, usando o Photoshop. Através da Internet, os alunos de Madureira ainda puderam interferir nas imagens criadas pelos de Copacabana, e vice-versa. "O mais importante nesse projeto não é o fato de levar jovens para dentro de um laboratório de informática e ensiná-los a dominar um computador, embora isso seja um bom começo. O importante é que eles tiveram a oportunidade de descobrir o quanto são capazes, conhecendo um pouco mais de si mesmos e ampliando enormemente suas possibilidades de contato com o mundo inteiro", diz Jair.
Criado pelo designer, o projeto teve realização da Arte Com Trato, patrocínio da Telemar (através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura) e do SESC Rio, apoio da Adobe Brasil, que forneceu os softwares através da Allen Informática, e apoio cultural do Instituto Telemar. O site com os trabalhos já está no ar, em www.meumundo.com.

Adobe encerra concurso na segunda feira
Até segunda-feira, 15 de dezembro, estão abertas as inscrições para o Concurso antipirataria da Adobe Systems, que vai premiar os melhores anúncios sobre antipirataria de software no Brasil com uma mesa digitalizadora da Wacom, um kit promocional Adobe e uma Design Collection.
Os interessados devem enviar um anúncio impresso que trate da antipirataria de softwares da Adobe, gravado em um CD em formato PDF, junto com uma prova no tamanho A4 para a Caixa Postal 11442 - CEP 05422-970 - São Paulo. Ou enviar um arquivo em formato PDF para o e-mail [email protected], com o assunto "Concurso Antipirataria". Os trabalhos devem conter e-mail, endereço e contato do participante.
O Brasil é considerado um dos que mais sofrem com este problema na América Latina. Segundo a BSA-Business Software Alliance - o Brasil possui índices de pirataria superiores a 56%, comparado aos outros países latinos.
A mesa digitalizadora Graphire 2
A Graphire2 é uma mesa gráfica formada por uma base, um mouse e caneta sem fios e sem bateria. Destina-se a usuários que desejam aliar o prazer e as possibilidades de desenho a mão-livre com os benefícios da informática. Com ela, é possível retocar imagens, colorir fotos em P&B, criar novas imagens a partir de fotos digitais, adicionar anotações de documentos do PowerPoint ou Acrobat, além de escrever no Word XP à mão ou até mesmo converter a escrita à mão diretamente no texto.
Compatível com Mac e PC, através da interface USB, a Graphire2 traz os softwares Adobe® Acrobat(tm), Photoshop(tm) 5.0 LE e o Corel® Painter(tm) Classic, que permitem criar desenhos e trabalhar as fotos com as mais diferentes ferramentas, como pintura a óleo ou aquarela, por exemplo.

Genilson Gonzaga Adeus ao Gegê
O colunista Genilson Gonzaga faleceu na madrugada de segunda-feira, no Rio de Janeiro. Segundo informações de funcionários da Gráfica Editora Jornal do Commercio, onde Genilson era Diretor, apesar de vir trabalhando nos últimos dias normalmente, o estado de saúde do jornalista estava comprometido por uma embolia pulmonar e um enfarto recentes.
O doce e querido (expressão que ele gostava de usar em suas colunas publicitárias) Genilson Gonzaga nasceu a 25 de setembro de 1934, em Barra do Piraí (RJ). Trabalhou na Bloch Editores (chefe de reportagem e diretor de publicidade), Última Hora (chefe de redação e diretor), Revista Bolsa (diretor comercial), e Jornal dos Sports (gerente executivo e diretor comercial), até se transferir para o Jornal do Commercio como superintendente comercial.
Genilson foi um dos pioneiros do colunismo publicitário no Rio de Janeiro, com a coluna "Mercado", do Jornal dos Sports. De 1982 a 1998, Gegê participou de diversos Prêmio Colunistas, inclusive da primeira edição do Colunistas Rio.