Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 06/MAR/2009
Marcio Ehrlich

 

W leva a conta da Unimed Rio

A W está comunicando com humor que a agência do corintiano Washington Olivetto conquistou a conta da empresa do tricolor carioca Celso Barros: a Unimed-Rio.
A conta será atendida pelo escritório da W/Rio e a primeira reunião de trabalho já acontece na próxima semana na sede da Unimed Rio.
Segundo Marcio Borges, diretor do escritório carioca da W, a conquista deve implicar no crescimento da equipe, com pelo menos a contratação de mais uma dupla de criação e de um diretor de atendimento exclusivo para o novo cliente.

Prestação de Contas do Rio - Fevereiro de 2009

Agnelo Pacheco Rio
O Espaço Brasa Leblon contratou a agência para desenvolver sua comunicação publicitária, após concorrência com outras duas agências. A nova campanha do anunciante tem o objetivo de posicionar o Espaço Brasa como um endereço de pratos nobres, para pessoas de bom-gosto. Boi com gravata borboleta, galinha com colar de pérolas, porco com cartola e carneiro de óculos escuros são alguns dos “atores” da campanha.
A criação é de Marcos Silveira, José Amorelli e Cylo Toledo, com direção criativa de Agnelo Pacheco e Marcos Silveira. O plano de mídia conta com anúncios em revista, peças para rádio, busdoor e taxidoor.

Fullpack
A Fullpack Comunicação, do publicitário Maurício Marquez, acaba de conquistar a conta do Grupo Dadalto, um dos principais grupos empresariais do Espírito Santo, formada pela Dadalto S/A (rede de varejo), Dacasa Financeira e D&D Home Center (rede de lojas de material de construção). Estão sob o comando da holding outras empresas e marcas. A escolha da nova agência faz parte do processo de profissionalização do Grupo, coordenado pela consultoria Alvarez & Marsal. A conta é estimada em 7 milhões de reais.

Heads
O Grupo Lance! escolheu a agência Heads para cuidar de sua conta publicitária, incluindo campanhas para todas suas plataformas de comunicação.As primeiras peças já estão em desenvolvimento pela Heads e começam a ser veiculadas em abril. A relação entre a Heads o grupo LANCE! teve início em 2008, quando a agência foi contratada por job para desenvolver duas campanhas: a de lançamento do jornal rubro-negro Vencer e a da promoção de camisas oficiais históricas dos times de São Paulo realizada pelo Diário LANCE!
A Heads, com direção de Claudio Loureiro, vai atender o LANCE! com Luis Christello e Flávio Medeiros na direção de Criação, Carla Alzamora na direção de Planejamento, Letícia Machado na direção do Atendimento e Ana Lopes como diretora de Mídia.

Scorcelli
A agência ganhou a conta da exportadora de jóias brasileiras Vitorino e Kuhlman, ficando responsável pelo lançamento oficial da marca no Brasil, programada para maio deste ano. Após exportar para Europa e Estados Unidos a fabricante de jóias investe em design de marca, branding, website e planejamento estratégico para entrar no mercado interno.

Staff
A agência conquistou a conta dos supermercados Princesa. A agência, que durante anos atendeu o Zona Sul e definiu um padrão de qualidade para os encartes daquele anunciante, também pretende reposicionar a comunicação do Princesa, buscando mais leveza no relacionamento visual com os clientes. O diretor de criação Paulo Castro explica que a diferença vai se notar no corte dos “excessos” – cores, desenhos, preços etc., que poluem as peças e são comuns nesse tipo de trabalho –, e no topo da página, que sempre busca acompanhar as festividades do ano. Nesse caso, a nova criação foi feita para a Páscoa, e aborda a tradicional reunião de família. O bordão “Tá na sacola” acompanha as ofertas do momento. A criação é de Gabriel Lepesteur, Guilherme Cunha e Ian Guimarães.

Melhor da linguagem eletrônica entra em cartaz no Rio

Um programa imperdível para quem é antenado nas novas linguagens é o FILE Rio 2009, o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, que acontece pela quarta vez no Rio, desta vez de 10 de março a 19 de abril de 2009, de terça a domingo, das 11h às 20h, no Oi Futuro.
O FILE Rio -- versão carioca do evento que acontece há 10 anos no Brasil -- apresenta uma compilação nacional e internacional de produções artísticas eletrônicas e digitais, ou seja, trabalhos de webart, inteligência artificial, móbile art, animação computadorizada, software art, instalações de arte eletrônica em salas interativas e imersivas.
Para quem gosta de um debate, acontece o FILE Symposium no Teatro do Oi Futuro, dias 10 e 11 de março, discutindo as novas mídias em mesas das quais participarão artistas, teóricos e pesquisadores brasileiros e estrangeiros da área de arte-tecnologia.
Todos os eventos do FILE Rio são gratuitos. O Oi Futuro fica na Rua Dois de Dezembro, 63 - Flamengo.
Infelizmente o site http://www.file.org.br, onde deveriam estar as informações atualizadas, deixava a desejar no momento em que redigimos esta matéria, apresentando dados do FILE 2008!! Casa de ferreiro...

Novas tecnologias televisivas chegam ao Brasil

As novidades da telinha não páram de surpreender, agora também no Brasil.
A produtora Proview vai apresentar no Rio, esta quarta-feira, 4, uma nova tecnologia da Philips, chamada WOWvx, que garante ser possível ter, numa tela de televisão, a sensação perfeita de 3D, sem a necessidade de usar qualquer tipo de óculos especiais. Sérgio Horowicz, diretor da produtora, diz que a imagem fica dentro da tela de 42", que é totalmente plana, mas a ilusão de 3D é incrivelmente realista e surpreendente. O equipamento está começando a ser disponibilizado para uso em eventos, feiras, demonstrações e pontos de venda.
A apresentação acontece no Botequim Informal do Shopping Leblon, das 15:00h às 21:00h.
Já a Mídia1, empresa de Antonio Jorge Pinheiro, apresentou há algumas semanas ao mercado um software de reconhecimento facial, que, através de cálculos biométricos, é capaz de reconhecer o sexo e a faixa etária de quem estiver olhando para a tela e, assim, exibir o comercial que estiver mais de acordo com o consumidor. Batizado de FaceMídia, o software pode ser programado pelo número exato de pessoas impactadas, pela distribuição do número de inserções pelo tempo desejado ou pelo fluxo por hora/data. Assim como a tv 3D, o produto está sendo vendido como ferramenta para feiras e eventos.
Antonio Jorge assegura que a mídia realmente identifica se o espectador é homem ou mulher, jovem, adulto ou maduro. Mas há registros maldosos de que o software tenha tido uma certa dificuldade nos últimos desfiles da Banda de Ipanema.

Mais coincidências agitam os criativos

Quem descobre uma coincidência criativa com um trabalho da sua agência não consegue aguentar calado. Não por acaso, a Janela recebeu recentemente mais duas informações de coincidências de amigos do site.
Uma delas veio de Bruno Richter, o diretor de criação da Camisa 10, que ficou surpreso ao ver a campanha “Adotar é tudo de bom”, criada pela Lew Lara para a Pedigree, utilizar o mesmo conceito visual da campanha de lançamento do biocombustível na Fórmula 1, criada pela sua agência, no ano passado: traçados de pistas formando figuras de animais. Nas peças da Camisa10, o texto fala que "A natureza entrou no circuito". No anúncio da Lew Lara -- provavelmente veiculado em revista automobilistica -- o título diz "Os pilotos já estão participando da campanha 'Adotar é tudo de bom'. Só falta você". Felizmente a LewLara não propôs que adotassem jacarés e tartarugas, para não brigar com o Ibama e enlouquecer ainda mais o Bruno.

Outro que se surpreendeu foi Kaká Alvarez, da Havana, ao ver uma coincidência em relação à sua campanha "Neurônios" da Unisuam, que foi inclusive premiada no Colunistas Rio e no Festival Internacional de Gramado. Nada menos que a África acabou usando o mesmo tema do neurônio refastelado na poltrona para o Instituto Endeavor.
Mas Kaká ressalva: "verdade que, diferentemente da nossa campanha, a da África trabalha com ilustrações ao invés de fotos. Mas, mesmo assim, não podemos negar que se trata de uma belíssima coincidência. O ambiente é uma sala, o neurônio está em um sofá velho, as paredes forradas com papel antigo, abajur ao lado... Enfim, tem muitas coisas parecidas".
Ficam aí as ilustrações para o prezado leitor julgar.

Extra dá celular em promoção de cupons

Juntando cupons de jornais e revistas populares dá para se ganhar de tudo, de faqueiros a enciclopédias. E agora, celulares.
Aproveitando a lei de portabilidade, o jornal carioca Extra está lançando com a operadora Claro uma promoção que dá aos seus leitores a chance de adquirir um celular Motorola W375, inscrito no plano Supercontrole R$ 35,00. Para ganhar, é necessário juntar 45 selos que virão nos exemplares do Extra a partir de 8 de março.
A campanha, que está sendo publicada nos veículos da Infoglobo, foi criada pela Agência3 e tem abordagem popular, chamando a atenção para a possibilidade de o consumidor tirar foto de seu ídolo com o celular ou ouvir a final do campeonato com o rádio acessado pelo aparelho.
A criação é de Álvaro Rodrigues, Luís Claudio Salvestroni, Fábio Caveira e Milena Zindeluk, com a seguinte ficha técnica:
Atendimento: Luciana Vasconi, Vera Françosa e Ana Maria Couto
RTVC/Art Buyer: Bárbara Borges e Vera Lucia
Produtora/Filme: Diretoria Cinematográfica
Direção/Filme: Libero Saporetti
Direção de Fotografia/Filme: Nonato Estrela
Produtora/Som: Nova Onda
Ilustração: Otávio Rios

Temos que ser publicicólogos para superar e não perder projetos

O mercado publicitário atravessa um momento interessante. Ele é o termômetro da crise. Quando a crise bate a porta, a publicidade talvez seja o primeiro setor a perceber a retração. Quando a histeria apocalíptica é substituída por uma depressão pós-parto, ele é o primeiro a perceber a reação e o primeiro a ouvir o bebê recém nascido chorando.
E haja choro, soluços e queixas. Alguém tem que avisar a nova mamãe: Teu filho nasceu...é saudável , robusto e quer mamar!
E quem vai avisar a depressiva mamãe que ela deu a luz? Nós...”publicicólogos”!
É hora de focar no atendimento. Todos querem criar, centenas de estudantes são despejados no mercado todo ano, e acredite, nenhum deles quer fazer outra coisa que não seja criar. Será que ensinaram para eles que atendimento é servir cafézinho e transferir ligações telefônicas? Que universo paralelo é esse dos “sem-noção” onde legiões de novos e velhos publicitários insistem em ser os “Andy Warhools” da publicidade, e ninguém percebe que a função mais importante hoje é ser um misto de “super-nanny” com Sigmund Freud.
O atendimento é o grande responsável pela rentabilidade da conta na agência. Ele é a porta de entrada de todos os projetos, onde os negócios são gerados. É a voz da agência para o cliente. Negócios para quem não lembra é sinonimo de dinheiro!
Vamos ser mais claros ainda, sem margem para erros, e como dizia o nosso velho amigo Alarico - cocada de coco de coqueiro - Quem gera receita? O cliente ! Muito bem Flipper!
Quem vai cuidar do cliente que está carente, choroso, medroso e triste nesses tempos “prozaquianos” ? Os criativistas , os planejadores, os burocratas ?
Não ...os “publicicólogos”! E como deve atuar essa “nova” velha classe? Ora...se somos capazes de despertar paixões, desejos e vender mitos para milhões de pessoas, certamente seremos capazes de cuidar de um cliente desanimado e inseguro. Desperte o Freud e a “super-nanny” que existe dentro de você, mostre que ser criativo é trazer receita para dentro da casa em tempos pós-crise!

Gente

NBS (São Paulo - SP) - A agência contratou Alexandre Grynberg como Diretor Geral de Atendimento junto aos clientes Suvinil, Hopi Hari, Canal Brasil, Abradif, Eparema, Azeite Andorinha, Lojas Eskala, entre outros. Ex- Hello Interactive, Alexandre foi diretor de novos negócios da África e diretor de atendimento da W/Brasil. Também acumulou passagens pela Seluloid AG, LewLara, DM9DDB e TBWA/Cápsula. (04/03/2009)

McCann Erickson (São Paulo - SP) - Contratou Fred Sartorello como Diretor de Criação, vindo da Direção de Criação da Grey/ G2 para América Latina e Caribe. Na agência fez parte do projeto de lançamento do cigarro Dunhill. (03/03/2009)

Giovanni+Draftfcb (São Paulo - SP) - Eliana Bueno, a Lica, assume como VP de Mídia Brasil . Ela já respondia pela função no escritório de São Paulo e passa a comandar, a partir deste mês, as equipes do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, sendo seis os diretores de mídia subordinados a ela.(02/03/2009)

Yes Filmes (Rio - RJ) - Alexandre Secco é o novo profissional de atendimento da produtora Yes Filmes. Com 21 anos de carreira dedicados à propaganda, o profissional já trabalhou para anunciantes como GM, Unilever, AmBev, Nokia e Toyota, e nas agências JWT, McCann-Erickson, Lowe Lintas, DM9DDB e Lew’Lara. Durante dois anos e meio, Secco ocupou a Direção Geral e de Operações da Fisher America em Brasília, e também foi responsável pela implantação do Núcleo de Mídia da CAIXA na cidade. De volta a São Paulo, dirigiu a área comercial da Be Bossa Nova, empresa de conteúdo da Bossa Nova Films, e agora é o mais novo profissional da Yes.(02/03/2009)