Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 05/AGO/2011
Marcio Ehrlich

 

Ex-Provarejo marcam encontro em Botafogo

Se a palavra "Provarejo" não significa nada para você, leitor, lamente-se por não ter vivido um dos momentos mais divertidos da propaganda carioca, quando a agência da Mesbla, mesmo sendo uma house, chegava a ser desejada por quem queria fazer propaganda criativa.
Muita gente passou pela Provarejo e hoje, inclusive no inevitável Facebook, há o grupo Provarejo Forever, dedicado à agência, com quase 80 membros, onde muito da história da Provarejo e da Mesbla é registrada.
Este grupo de pessoas é que está marcando para se reencontrar este sábado, às 19:00h, no restaurante Fagulha (Rua da Passagem, 180), em Botafogo.
Não é a primeira vez que um encontro dos Ex-Pro acontece. O último, há 5 anos -- o Facebook nem era conhecido no Brasil -- reuniu umas 200 pessoas.
Os Provarejistas leitores da Janela estão automaticamente convidados. Mas os coordenadores do Grupo pedem que eles saiam contatando outros e que estimulem a que este pessoal também entre na comunidade virtual, ajudando a matar as saudades geral dos velhos tempos.

Memória: Este colunista nunca trabalhou na Provarejo mas chegou a dar muito prêmio para ela, que sempre concorreu ao Colunistas. Pra rever quanta gente boa passou por lá, dê uma olhada na Janelapédia.

Anunciantes federais ganham anuário de mídia

Marco FradeNum país como o Brasil, em que o Governo Federal cada vez mais aparece como grande anunciante, era realmente estranho não haver uma publicação que mapeasse as características do público alvo dos órgãos federais.
A lacuna vai ser finalmente preenchida em setembro deste ano, quando o Grupo de Mídia de Brasília lança o "Anuário de Mídia Pública no Brasil", com 2 mil exemplares que serão distribuídos para todas as agências com mailing do CENP, além de secretarias de comunicação de órgãos de governo federal, dos governos estaduais e das prefeituras das 27 capitais brasileiras.
Em entrevista exclusiva para a Janela, o presidente da entidade, Marco Frade (foto) -- que também é diretor de mídia da Artplan em Brasília -- conta que o anuário vai reunir dados relevantes para o planejamento de mídia de todos os anunciantes do Governo Federal, com os hábitos de quem consome serviços públicos, facilitando a que a mídia seja definida com mais eficiência. As informações foram compiladas a partir de dados recolhidos de vários institutos de pesquisa brasileiros e segue o modelo do Mídia Dados, que o Grupo de Mídia de São Paulo desenvolveu para a iniciativa privada.
Claro que vai continuar existindo no Brasil a mídia política -- em que as estatais mandam suas agências botar verba em veículos ligados ou que apóiam políticos locais. Perguntado, Marco não nega a existência do problema, mas ressalva que nestes últimos 11 anos em que ele entrou neste mercado, "diminuiu muito" o peso político na programação de mídia.
"Os vários portais da transparência que os governos e ONGs estão mantendo levaram a uma profissionalização cada vez maior do planejamento de mídia estatal", diz Frade, lembrando que, com exceção de algumas estatais que têm necessidades de comunicação específicas, estes anunciantes são cobrados a ter o mesmo tipo de comportamento no seu share de mídia que o que praticam os anunciantes da iniciativa privada.
O Anuário de Mídia Pública no Brasil ainda se restringirá a cobrir a área federal. "Não temos escala para cobrir os anunciantes estaduais, porque teríamos que multiplicar o esforço por 27", explica o publicitário, esperando, porém, que os diversos grupos de mídia regionais copiem a iniciativa nas suas áreas.
Quem quiser maiores informações sobre a publicação pode consultar o site do Grupo de Mídia de Brasília, em midiabsb.org.br, ou enviar e-mail para [email protected].

AgênciaClick moderniza software para Infraero

A Infraero, que tanto castiga os brasileiros que precisam utilizar do avião como meio de transporte, também dá suas bolas dentro. Uma delas é esse aplicativo Infraero Voos Online, disponível para iPhone, Blackberry e Java, e cuja versão mais atualizada a AgênciaClick Isobar acaba de colocar no ar.
O aplicativo promete informar ao usuário como andam os voos em todos os aeroportos do país, incluindo seus horários e portões de embarque, com o mesmo conteúdo que está disponível nos painéis dos saguões. A foto que ilustra esta nota é do meu próprio iPhone e mostra que, pelo menos, os vôos cancelados estão aparecendo na tela. Mas senti falta de saber, no caso dos vôos confirmados, se o horário que aparece é o previsto ou o real, com atrasos, uma informação fundamental se você estiver preso em um engarrafamento próximo de chegar ao aeroporto. Nos painéis dos saguões, as duas informações aparecem na tela. Também estou curioso para saber se devido ao reposicionamento da aeronave -- coisa que a gente vive ouvindo pelos alto-falantes para quase todos os voos de Congonhas -- as informações também serão atualizadas no meu celular.
De acordo com o que a superintendente de Marketing de Comunicação Social da Infraero, Léa Cavallero, diz no release distribuído à imprensa, o aplicativo pretende aproximar a Infraero de seus clientes e manter um diálogo constante com eles fora dos aeroportos. No próprio sistema, por exemplo, encontrei o telefone 0800 da Ouvidoria da Infraero, onde se pode registrar reclamações sobre os serviços da empresa. Como não faltam motivos para usarmos o canal, fica para a AgênciaClick a sugestão de tornar este acesso mais interativo, seja com um link para se discar diretamente (afinal, estou em um celular, para que ter que anotar?) ou um formulário para que se registre a reclamação online.
O Infraero Voos Online já teve mais de 85 mil downloads e hoje ocupa o primeiro lugar de aplicativos mais acessados na categoria Travel na AppStore. Baixe aqui para iPhone pela AppStore.
A campanha de divulgação do aplicativo está sendo assinada pela agência Arcos, de Recife.

Recreio morde os vampiros da concorrência

Num setor tão hardsell como o de varejo de automóveis, é bacana a Recreio manter sua tradição de dar espaço para a agência criar peças institucionais bem humoradas, como a 11:21 tem conseguido desenvolver.
Eu, que adoro comerciais que alfinetam a concorrência (sou fã declarado da Nissan), me divirti com esse Vampiro que a concessionária botou no ar, terminando com a pérola "Eles mordem, a gente assopra".
A criação foi de Gustavo Bastos, Leandro Barcosa e Paulo Franco, com direção de Bruno Murtinho e produção de Sérgio Cardoso, da Gema Filmes. No cliente, aprovaram Eloy Braz, Roberto Faria e Sergio Rangel.

Agência3 solta balão virtual para a Eletrobras

Como pimenta só arde no olho dos outros, a Agência3 criou um banner de internet para a Eletrobras que quer fazer os baloeiros do Rio de Janeiro sentirem o susto de ver um gigantesco balão flutuando em direção a suas casas.
No banner, que esteve no ar (sem trocadilhos) no site Esporte Interativo, basta você digitar o seu CEP que verá o balão se deslocando sobre as ruas próximas do seu endereço.
O supervisor de Criação Digital da Agência3, Rafael Ferrer, conta que o banner se utiliza de uma API do Google Maps para transformar o CEP na latitude e na longitude do endereço. Para o usuário não ter dúvidas, inclusive, conta Rafael, o mapinha ainda mostra os nomes das ruas por onde o balão está passando.
Pena que a exibição é rápida, porque bem que os baloeiros mereciam ver o bicho até em cima de suas próprias casas. Mas Rafael lembra que normalmente o número do CEP cobre uma rua inteira e apenas se o usuário digitasse seu endereço completo -- o que dificilmente alguém faria -- o Goggle Maps encontraria a posição exata do usuário.
Mas a peça é divertida. A imagem aí em cima está funcionando, enquanto a agência não tirar do ar. Podem testar.
A criação foi de Ana Accioli, Rafael Ferrer, Sleyman Kodor e Lucas Buléd, com direção de criação de Luís Claudio Salvestroni e Álvaro Rodrigues. Ainda estão na ficha:
Atendimento: Camilla Oliveira
Mídia: David Coelho e Julia Esteves
Produção Digital: Marcelo Soares
Adserver: Admotion
Aprovação: Jorge Aboud/Eletrobras

Gente Que Vai e Vem

Agência Azul (Rio - RJ) - A empresa agora conta também com Camilla Ramôa, que assumiu como executiva de contas; Fernando Pontes, nas funções de ilustrador e designer; Fernanda Coelho, como webdesigner e Carlos Henrique Roland, na diagramação, profissionais com passagem por empresas como Fullpack , WebTv (Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro) e Quattro Design. (04/08/2011)

Staff (Rio - RJ) - A agência anuncia três novas contratações para o Atendimento e para a Criação. Como gerente do Núcleo Imobiliário, chega Cristiana Mota com passagens pela Binder e Agência3 e também pela Construtora Calçada. Já Juliana Vilhena, ex-Euro, Artplan e NBS, assume como supervisora no mesmo núcleo. Ambas responderão diretamente à Rafaella Eyer, diretora de Atendimento.
E na criação, Sandra Borges é o novo nome da equipe liderada por Raphael Lopes, supervisor do Núcleo Imobiliário. A diretora de arte atuou por 11 anos na Contemporânea e estava na Euro Rio. (01/08/2011)

Agência3 (Rio - RJ) - No atendimento, para o núcleo de Rossi, chega Débora Costa que tem toda a sua experiência concentrada no segmento imobiliário, já tendo atuado tanto em agência como em cliente. Já a assistente Daniela Saint Martin (ex-Rio Design Barra e Projeteria Design) reforça o núcleo de contas do jornal EXTRA e Impecável.
Danielle Sanches, com experiência centrada na área digital, chega para atuar como executiva de contas no núcleo de FGV. Isabela Dib veio da Staff para assumir o cargo de executiva e atender FINEP e IBEU.
Como coordenadora de contas e com passagens pela JWT, Binder e Repense, chega Athenea Bastos. A publicitária irá atuar diretamente na conta da Eletrobras. (28/07/2011)