Publicidade: Alfa

NBS e Heads avançam em concorrência da Petrobras Distribuidora

Posto Petrobras

Vencedoras da fase técnica, as agências NBS e Heads confirmaram suas posições à frente de Ogilvy, DPZ&T, Propeg e Link/Bagg na segunda fase da concorrência pela conta publicitária da Petrobras Distribuidora, agora referente à proposta de preços.

Agora, as duas terão que passar pelas fases de habilitação documental e de conformidade. Ou seja, elas responderão a um questionário de Grau de Risco de Integridade, em que serão avaliadas de acordo com critérios de conformidade, como relacionamento com agentes públicos e terceiros, histórico, perfil e os próprios programas de integridade.

Essa fase foi a que gerou polêmica na concorrência da holding, com a Petrobras declarando que Propeg e DPZ&T teriam “risco médio” de integridade. Fica a curiosidade, portanto, de como a Distribuidora avaliará os riscos da NBS e da Heads.

Finalmente, se passarem por todas estas novas fases, NBS e Heads assinarão um contrato para atender a conta da BR por 30 meses, com possibilidade de renovação, por um valor de R$ 485 milhões. Atualmente, a conta é atendida apenas pela NBS, que também vinha cuidando da holding e terá que deixar a conta nas mãos da Propeg e da DPZ&T.

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta