Publicidade: Alfa

Sem mais choro nem vela: NBS, Calia Y2 e Artplan levam a Secom

Palácio do Planalto

A Comissão de Licitação não acatou os recursos das agências Fischer, DPZ&T e Nova/SB e oficializou esta sexta-feira, 11 de agosto, no Diário Oficial, as agências NBS, Calia Y2 e Artplan como as vencedoras da sua concorrência nº 1/2016, destacando na publicação que os honorários ofertados pelas vencedoras foi de 5%. A verba licitada foi de R$ 208 milhões para o primeiro ano. (Veja aqui o Diário Oficial da União).

A conta da Secom, até se encerrarem os contratos, esteve com as agências Leo Burnett Tailor Made, Nova/SB e Propeg, escolhidas em concorrência de 2011, ainda sob o governo de Dilma Rousseff.

Siga todo o histórico da concorrência que agora se definiu, pelas matérias da Janela:

04/01/2017: Secom faz concorrência de R$ 208 milhões em 2017 com data de 2016

25/04/2017: NBS, Y&R e DPZ&T levam a conta de Michel Temer

22/06/2017: Virou moda: depois da Prole, a Y&R desiste do governo e Calia sobe de novo

01/07/2017: Secom acata recurso e DPZ&T se garante na conta da Presidência

05/07/2017: DPZ&T pode cair de novo e entrar Artplan na conta da Secom

14/07/2017: Secom confirma desclassificação da DPZ&T e entrada da Artplan

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta