Publicidade: Alfa

Niterói reabre concorrência para agência de propaganda

Niterói

A Prefeitura de Niterói está divulgando um novo edital para a escolha da agência de propaganda que cuidará da verba de R$ 15 milhões a ser investida pelo prefeito Rodrigo Neves no primeiro ano de contrato.

O edital está sendo identificado pela Prefeitura como “novo” porque. na verdade, a concorrência, que tem o nº 001/2017, está sendo retomada, depois de ter sido lançada em março último e suspensa em maio, ou seja, apenas dois meses depois. Desta vez, se não houver nova suspensão, os envelopes serão recebidos no dia 10 de novembro de 2017, no Auditório do Centro Administrativo Municipal, à Rua Visconde de Sepetiba, nº 987, 9º andar, Centro, Niterói, RJ.

Uma das curiosidades do edital é seu briefing admitir que faltam veículos de comunicação para atingir de forma eficaz o público niteroiense. O texto cita que “não há mídia local que disponha de canais de comunicação de massa que atinjam a totalidade ou a maior parte de sua população. Assim, a cobertura das matérias envolvendo a cidade e a divulgação de ações de interesse público ficam prejudicadas, já que acabam se diluindo e sendo secundarizadas pelos veículos de comunicação de âmbito estadual, como TVs e rádios, que acabam dando maior destaque aos fatos e às ações relacionadas à capital”.

Entre os desafios, a agência interessada em participar da concorrência deverá pensar em como utilizar “os mais variados meios de comunicação a permitir seu alcance ao maior número possível de pessoas, nas cinco regiões da cidade”.

As agências também deverão propor peças que conscientizem os niteroienses sobre o papel de cada um no trânsito da cidade, incentivando cada vez mais, por exemplo, o uso de bicicletas.

O novo edital está disponível para download no site niteroi.rj.gov.br.

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta