Agências do Rio vão investir mais de R$ 670 mil em cultura

A Prefeitura do Rio publicou esta sexta-feira, em seu Diário Oficial, a relação das empresas cariocas que se propuseram a apoiar a cultura no Rio de Janeiro, dedicando aos projetos aprovados pelo município uma parte do Imposto Sobre Serviços (ISS) que elas deveriam recolher este ano.

A Janela percorreu a lista e relacionou, para informação do mercado, as empresas da área de publicidade e comunicação, com os valores aprovados para investimento pela Prefeitura. Seus valores, somados, chegam a R$ 679.091,59.

Os destaques na lista são as agências NBS, com R$ 126.303,57, e a Artplan, com R$ 119.585,14. (As indicadas como “Grupo” entraram através de diferentes razões sociais)

EMPRESA
INVESTIMENTO
Agência3
R$ 41.051,74
Altermark
R$ 16.223,64
Artplan
R$ 119.585,14
Binder
R$ 38.014,40
Dream Factory
R$ 42.752,53
Grupo FSB
R$ 81.481,70
Grupo GL Events
R$ 47.409,58
Fagga
R$ 41.326,87
Grupo InPress
R$ 53.263,54
New Ideas
R$ 25.548,70
Plusmedia
R$ 31.842,50
NBS (PPR)
R$ 126.303,57
Script
R$ 9.172,55
Staff
R$ 5.115,13

Além destas agências, vale destacar a participação da Globosat, com investimentos de R$ 788.419,22 de seu ISS.

As empresas relacionadas pela Comissão Carioca de Promoção e Cultura – CCPC ainda terão a oportunidade de apresentar recurso, em até três dias úteis, no caso de não concordarem com os valores estabelecidos. E no dia 17 de outubro, a comissão finalmente publicará a lista definitiva dos Contribuintes Incentivadores do Rio de Janeiro, com os respectivos e-mails para que os produtores culturais possam lhes encaminhar projetos que estejam procurando patrocínio.

Dinâmica Talentos
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta