Publicidade: Alfa

Ação da NBS encontra criança desaparecida no Rio

Escalação Solidária, da NBS

Uma criança desaparecida desde o início de outubro foi encontrada esta semana graças a uma ação que a agência NBS realizou durante o último jogo Fla x Flu, no Maracanã. Pelo projeto Escalação Solidária, no lugar dos rostos dos jogadores como Diego, do Flamengo, e Wendel, do Fluminense, surgiram na tela as fotos e os nomes de crianças e adolescentes homônimas e desaparecidas no estado do Rio de Janeiro. A ideia era chamar a atenção para o problema, que atinge cerca de 40 mil crianças e adolescentes todos os anos no país.

Uma das crianças exibidas no telão, Luany Cristina dos Santos de Souza, de 13 anos, foi encontrada no Morro da Mangueira, graças a uma informação que foi passada para a avó dela por um torcedor, ainda dentro do Maracanã.

“Assim que minha neta desapareceu eu fui à FIA (Fundação para Infância e Adolescência) para registrar o sumiço dela e para pedir ajuda. Eles me orientaram e me deram um ingresso para ir ao Maracanã, juntamente com outras mães que também estão procurando seus filhos e netos. Durante o jogo, quando foi exibida a foto da minha neta no telão, um torcedor contou para um dos assistentes sociais, que estavam nos acompanhando, que tinha visto a minha neta andando pela comunidade da Mangueira”, conta Mônica de Souza, de 53 anos, avó de Luany.

No dia seguinte ao jogo, seguindo uma orientação da FIA, Mônica foi para a comunidade com cartazes onde tinham uma foto e informações sobre a menina. Ela só deixou a Mangueira três dias depois, segurando a neta pela mão. “Ela estava na casa de uma amiga, a mesma que estava conversando com ela no meu portão no dia que desapareceu”, completou a senhora, moradora do Lins, agora aliviada.

A NBS é a agência que atende o Flamengo e a ação também contou com o apoio do Fluminense, do Disque Denúncia e do programa SOS Crianças Desaparecidas, da Fundação para a Infância e a Adolescência (FIA).

“Este projeto faz parte do pensamento que estamos desenvolvendo junto com o Flamengo, de ser um clube cidadão, envolvido em causas importantes e relevantes, compatíveis com a grandeza rubro-negra. Desta vez, tivemos a maravilhosa parceria do Fluminense, do Disque Denúncia e da FIA. Reencontrar a Luany nos enche de alegria e deixa a certeza da força engajadora que o futebol pode e deve ter”, finaliza André Lima, VP de Criação da NBS.

Ficha Técnica:

Campanha: Escalação Solidária
Agência: NBS
Anunciante: Flamengo
VP de Criação: André Lima
Diretor Nacional de Criação: Carlos André Eyer
Diretor de Criação: André Lima, Carlos André Eyer e André Havt
Criação: Luiz Miller, Felipe Pessoa e Bruno Antunes
Producer: Camilo Coelho
Aprovação do cliente: Márcio McCulloch

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta