Publicidade: Alfa

Facebook reúne o mercado e promete ser mais que uma rede social

Luciana Sant'Anna no Facebook Summit 2017

“O mundo é mobile”, alertou o Facebook no Facebook Summit 2017, maior evento do ano da plataforma, que aconteceu na última quinta-feira, 26, no prédio da Bienal de São Paulo, reunindo agências e anunciantes

A Diretora de Content Marketing e Social Listening da Wide Comunicação Expandida, Luciana Sant’Anna, esteve no evento e conta o que aconteceu, neste texto exclusivo para os leitores da Janela.

Foram 23 palestras e painéis em 2 palcos, além de uma central de lives dedicada a debates sobre o empoderamento feminino. O Facebook trouxe um time de executivos de peso para falar dos investimentos da plataforma no futuro que, de acordo com a Head de Plataforma, Produtos e Insights, Jessica Jensen, estão direcionados para três importantes pilares: conectividade, inteligência artificial e realidade aumentada e virtual.Jessica apresentou uma série de iniciativas que prometem aumentar o número de pessoas conectadas à Internet no mundo, como um avião que pode entregar conectividade a lugares sem antena de satélite, já em testes. Outra prioridade que é uma excelente notícia para os anunciantes é evoluir a inteligência artificial da ferramenta para tornar a experiência do usuário cada vez mais personalizada, como as marcações automáticas, reconhecimento de imagens e vídeos e recomendações.

No campo da realidade virtual, a novidade é um óculos criado para trazer uma experiência 3D de comunicação entre os usuários da rede, que já estava disponível para os participantes do evento. O objetivo é derrubar as barreiras entre virtual e real, estimular o compartilhamento de experiências humanas, permitindo que pessoas possam se conectar de qualquer lugar do mundo dividindo experiências reais.

O que fica claro com todas essas novidades é que, nos próximos dez anos, o Facebook quer ser a nova forma das pessoas compartilharem suas vidas, para além de uma rede social ou uma plataforma de mídia. E está investindo pesado nisso.

Tendências e recomendações para 2018

Muito se falou sobre o futuro a longo prazo, mas o Facebook também deu recados claros do que recomenda para o mercado em 2018 e até um puxão de orelha para os criativos: o mundo é mobile!

A mensagem parece velha, mas pesquisas realizadas por eles no Brasil mostram que o consumo de vídeo mobile cresceu 80% no último ano, mas apenas metade do conteúdo foi criado para o device. Ele também é o preferido para relacionamento: 53% dos usuários gostam de se conectar com as marcas pelo celular.

Para o Facebook, essa mudança de comportamento é o empurrão que faltava para as marcas intensificarem o uso do Messenger nas campanhas, principalmente em ações integradas com publicidade no feed de notícias. No Brasil, 70% dos usuários usam o Messenger diariamente e, para Kendal Beveridge, Gerente de Marketing, Comunicação e Produtos, com criatividade e inovação, as marcas podem ir muito além do SAC e relacionamento através de soluções de mídia e automatização, como os ChatBots.

O ROI não ficou fora das recomendações para o próximo ano, que, na visão de Erik Johnson, VP da Divisão Global de Mensuração, tem como grande desafio a integração dos resultados dos diferentes canais e plataformas para um olhar de desempenho geral, ao invés do último clique, que tem sido a base de cálculo de grande parte dos anunciantes atualmente. O recado é claro: é mais produtivo e real analisar como uma mídia influencia a outra e como esse mix é complementar e fundamental no resultado geral dos negócios dos clientes.

Para o Instagram, uma notícia bastante positiva deve agitar o mercado de ecommerce nos próximos anos. A plataforma está investindo em projetos de compras baseadas em catálogos que os próprios usuários poderão criar, experiência já iniciada neste ano com o lançamento da funcionalidade ‘Salvar na coleção’. Além disso, novos formatos e mudanças nos anúncios devem ser lançadas em breve, principalmente no design dos call to actions.

Luciana Sant’Anna
Jornalista com MBA em Marketing digital. Foi head de conteúdo e mídias sociais da Agência h1 por sete anos e atualmente é Sócia e Diretora de Content Marketing e Social Listening da Wide Comunicação Expandida.

Beyond Stage

Palestra

 

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta