• DPZ&T - Criatividade que gera resultados.
    Quem vê esta coruja, Vota Eletromídia
  • Fields, de Brasília, leva a conta do MDS em disputa acirrada

    Sidney Campos, da Fields

    EM PRIMEIRA MÃO – O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) acaba de confirmar a Fields, do publicitário Sidney Campos (foto) como a vencedora da fase de Propostas de Preço em sua concorrência publicitária nº 1/2017, para uma verba de R$ 30 milhões no primeiro ano. O resultado praticamente sela a conta nas mãos da agência. O MDS estava com a SLA, de Salvador.

    A concorrência teve tons de novela, com a agência baiana Link/Bagg, terceira colocada na fase técnica, atuando como uma verdadeira pedra no sapato da vencedora. Na primeira fase da disputa, a das propostas técnicas, a Link/Bagg entrou com recurso contra a Fields, primeira colocada, e conseguiu que a agência perdesse um ponto em seu resultado. No entanto, como a Fields havia alcançado 93,90 pontos e a segunda colocada, a Nova/SB, 92, a perda de pontuação pela aceitação do recurso não alterou a classificação geral.

    Abertas as Propostas de Preço, o menor valor foi dado justamente por quem? Pela Link/Bagg, que, mesmo com seus 86,30 pontos da fase técnica, passaria a primeiro lugar nesta fase se todas as demais concorrentes não aceitassem seguir as mesmas condições.

    A Fields, então, para não perder a sua 1ª posição, “após negociações concordou em praticar o menor preço”, como cita a ata da reunião. A planilha com os percentuais de descontos e de honorários apresentados por todas as agências, avisa o MDS, está à disposição dos interessados, podendo ser solicitada pelo e-mail licitacao@mds.gov.br.

    Também haviam participado da licitação do MDS as agências SLA (com 86,10 pontos na fase técnica), Debrito (85,80), Calia/Y2 (83,90), CPL-Centro de Propaganda (79,80), Escala (77,80) e Cálice (32,70). A Cálice foi desclassificada por não ter apresentado no plano de comunicação o quesito Ideia Criativa.

    ATUALIZAÇÃO EM 22/12/2017: No dia 21 de dezembro, de todas as pontuadas, apenas as agências Fields Comunicação Ltda, Nova/SB Comunicação Ltda e Link/Bagg Comunicação e Propaganda Ltda apresentaram seus documentos de habilitação. Como a comissão aprovou os documentos das três e todas as agências presentes abriram mão de interpor recursos, a Fields, sendo a primeira colocada, foi considerada formalmente a vencedora da concorrência, como publicado no Diário Oficial da União nesta data.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta