• Quem vê esta coruja, Vota Eletromídia
    DPZ&T - Criatividade que gera resultados.
  • Modal espera faturar R$ 1,8 mi com mídia em terminais do Rio

    Modal Mídia&Sign

    A Modal Mídia+Sign, que conseguiu a exclusividade na exploração publicitária de quatro terminais rodoviários do Rio — Menezes Côrtes, Américo Fontenelle, Nilópolis e Nova Iguaçu — acredita que até o final deste ano terá faturado pelo menos R$ 1,8 milhões, podendo crescer 40% em 2019, revela Marcus Machado, CEO da empresa.

    Até o momento, a Modal espalhou 150 propriedades naqueles quatro terminais, onde acontecem dois milhões de partidas e chegadas de 130 linhas de ônibus. A avaliação oficial é de que, no Rio de Janeiro, circulam 85 milhões de passageiros por ano. Para atrair a atenção de toda essa gente, a Modal decidiu exibir não apenas placas estáticas, mas serviços agregados, como assentos publicitários, carregadores de celulares, além de TVs de LCD e LED. Machado explica que também está comercializando a possibilidade de os terminais serem usados para ações promocionais, como degustação de produtos e eventos.

    O meio OOH (Out of Home), segundo levantamento do Kantar Ibope Media, foi o que mais cresceu em 2017. Os 26% de acréscimo em relação ao ano anterior acumularam cerca de R$ 1,7 bilhão em valores brutos, o que representou 2,8% do bolo publicitário. A Região Sudeste concentra as maiores verbas para esse formato, representando 78% do total.

    Antes de iniciar a instalação dos equipamentos e serviços gratuitos, a Modal realizou pesquisa com cerca de 800 passageiros. Deles, 32% apontaram que gostariam de assistir, nas mídias disponíveis (TVs de LED, telões, front e backlights) preferencialmente, a noticiários. Anúncios promocionais de supermercados e informações sobre trânsito aparecem, respectivamente, em segundo e terceiros lugares na preferência dos frequentadores desses espaços, com 22% e 16%. Outros serviços de interesse dos usuários foram citados, como informações sobre convênios de saúde, medicina e bem-estar, anúncios de cursos em geral, escolas e universidades, aparelhos celulares, produtos de beleza, restaurantes e lanchonetes, lojas de roupas e acessórios, auxílio funeral, informações sobre horários dos ônibus, clipes musicais e oferta de empregos e de shows, além de dicas de beleza.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta