• Eletromídia
    DPZ&T - Criatividade que gera resultados.
  • O Globo pode perder Ruth de Aquino ainda este ano

    Ruth de Aquino

    A sênior publisher da editora Globo, Ruth de Aquino, vai deixar o grupo em dezembro. O desligamento teria ocorrido por desgastes com o diretor geral da empresa, Fred Kachar. A informação foi publicada esta noite pelo jornalista Ricardo Bruno (ex-O Globo) no site Agenda do Poder. E confirmada pela profissional a amigos, informando que seu projeto inicial “já era o de ficar no cargo apenas por um ano, podendo agora voltar a escrever e viajar”.

    Ruth de Aquino, que vinha comandando a área editorial dos jornais O Globo, Extra e Expresso e da revista Época, curiosamente recebeu, na última semana, na Casa Firjan, o Prêmio Personalidade , da Câmara de Comércio França-Brasil (CCIFB-RJ) , “por suas contribuições ao debate público e à promoção da diversidade e por seu elo particularmente forte com a França, onde viveu”.

    As mudanças no jornal, no entanto, não devem ficar restritas à Ruth. De acordo com amigos da Janela, o editor da revista Ela, Bruno Astuto, também estaria deixando a publicação para assumir uma função no Shopping Cidade Jardim em São Paulo. Com a saída de Astuto, a revista seria assumida por Marina Caruso, que deixaria assim sua coluna diária no Segundo Caderno do O Globo.

    Aos 64 anos, Ruth também comandou a redação do jornal O Dia. Com mestrado em Mídia na London School of Economics e tese sobre Ética, trabalhou na BBC e foi correspondente de publicações brasileiras em Londres e Paris. Ela sempre foi considerada de uma profissional de relacionamento difícil com sua equipe, pelo alto nível de exigência aos rumos que ela definia para suas publicações. E, até por isso, não aceitar pressões das áreas de direção.

    A saída de Octávio Guedes, diretor de redação do Extra desde a sua fundação, há 20 anos, assim como da jornalista Cléo Guimarães, são creditadas à chegada de Ruth de Aquino ao Infoglobo. Cléo, inclusive, chegou a postar, em sua despedida, que desejava sorte “e muita capacidade para engolir sapos a quem fica, porque tem que ter estômago para aturar certas coisas”.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta