• Colunistas 2019. Para quem sabe vencer desafios.
  • The Foolitzer Prizes denuncia os piores sites de fake news

    The Foolitzer Prize

    Numa parceria da agência Leo Burnett Tailor Made e do site E-farsas, o prêmio The Foolitzer Prizes divulgou esta semana os maiores sites produtores de notícias falsas de 2018. O resultado aconteceu após três meses de votação e mais de 70 mil interações. O objetivo é informar o público e expor os autores responsáveis por esse tipo de notícia.

    Com curadoria da equipe do E-farsas e parceiros que atuam no combate às fake news, foram escolhidas as piores notícias nas categorias Política, Saúde, Entretenimento, Esportes e Conspiração. Já o prêmio máximo, o Grand Fake News, eleito por voto popular pelo site da premiação, ficou com o World News Daily Report pela mentira “Adolescente virgem engravidou ao tomar vacina”.

    A divulgação dos vencedores do Foolitzer Prize não ficou apenas no vídeo. Os nomes dos vencedores foram espalhados com o apoio dos maiores grupos de mídia do país: foram centenas de mobiliários urbanos, anúncios em jornal impresso, banners na internet e até um avião de praia.

    “O grande desafio no combate às fake news é justamente descobrir as pessoas que estão por trás dos sites que as propagam. Muitas vezes, até os telefones e endereços que constam nas páginas são fakes. E é claro que, nesse contexto de má-fé e anonimato, a entrega do nosso troféu não seria bem-vinda. Mas toda ideia por trás do prêmio é justamente esta: expor e incomodar os autores desse tipo de notícia por todo o desserviço que eles vêm prestando à sociedade como um todo e ao jornalismo sério em particular”, explica Wilson Mateos, VP de Criação da Leo Burnett Tailor Made.

    Essa foi a primeira edição do The Foolitzer Prizes, que buscou, com a exposição de sites clandestinos, tornar público e mais disseminado que esses portais estão trabalhando com mentiras.

    Os resultados também podem ser vistos no site foolitzer.org.

    FICHA TÉCNICA

    Agência: Leo Burnett Tailor Made
    Título: The Foolitzer Prizes
    Produto: The Foolitzer Prizes
    Anunciante: E-Farsas
    Cco: Marcelo Reis
    Vp/Ecd: Wilson Mateos
    Diretor De Criação: Pedro Utzeri, Vinicius Stanzione
    Criação: Breno Balbino, Fabio Nagano, Filipe Medici, Renato Ramalho.
    Diretora De Prod. Integrada: Maria Fernanda Moura
    Rtv: Viviane De Castro, Patricia Cosmo, Matheus Basílio, Chrystian Danucalov
    Artbuyer: Cristiano Godoy, Mauro Moura
    Produção Gráfica: Pedro Sotelo
    Projetos Digitais: Denis Gustavo, Pedro Rais, Marcela Grandino
    Atendimento: Fabio Brito, Simone Lopes, Viviane De Castro
    Mídia: Andrea Hirata, Kelly Cotta, Thais Miranda, Joao Bouner
    Planejamento: Tiago Lara
    Aprovação: Gilmar Lopes
    Produtora De Filme: Asteroide
    Diretor: Guilherme Biglia | Thiago Prestes |Caja Guedes
    Produção Executiva: Guilherme Biglia
    Atendimento: Leo Brodsky
    Produtor: Mariana Van Bylt
    Pós-Produção: Bogotá
    Produtora De Som: Evil Twin Music
    Criação E Produção De Trilha: Andre Faria, Murilo Faria, Yuri Chix E Rafael Campanini
    Finalização E Sfx: Murilo Faria E Yuri Chix
    Atendimento: Juliana Tangary E Carolina Couto
    Produtora Digital: Santa Fé
    Desenvolvedor: André Coppola
    Atendimento: Tatiana Coppola
    Fotografia 3d E Pós Produção: Platinum

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta