• Firjan abre licitação para agência de publicidade

    Firjan - Entrada (Foto Rui Porto Filho)

    A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, que abrange também Senai, Sesi, Iel e Cirj, abriu concorrência para a escolha da sua nova agência de publicidade. A conta vinha sendo atendida pela Artplan, que em 2018 lançou seu primeiro trabalho com a campanha “A gente vive para transformar”.

    A Artplan, na verdade, herdou a conta por ter chegado em terceiro lugar na concorrência de 2014. A vencedora havia sido a DM9, que fechou no Rio. Daí a conta seguiu para a Ogilvy, que também acabou fechando. E sobrou para a Artplan cumprir apenas o último dos cinco anos cobertos por aquela licitação.

    Naquele ano de 2014, a DM9 reconfirmou a conta que atendia desde 2012. A verba, na época, estava definida como sendo R$ 28 milhões por ano. Chegaram a participar da concorrência agências como Artplan, Havas, Heads, Nacional, Ogilvy, Prole e X-Tudo.

    A abertura dos envelopes está marcada para 13/11, às 14:30h. O prazo é inferior aos 45 dias determinados pela Lei 12.232 porque o órgão não está sujeito à mesma legislação das empresas ligadas a governo.

    O edital deverá ser colocado online no Portal de Compras da Firjan, mas não estava disponível ainda até o fechamento desta matéria. Ela está identificada, no Aviso de Licitação, como “Concorrência Firjan/Senai/Sesi/Iel/Cirj nº 8/2019”. Na listagem, como “CC 008-2019”

    A Firjan também conta com um poderoso departamento interno de comunicação. A gerente geral da área é Paola Scampini. Sob seu guarda-chuva está o setor de Marcas, gerenciado por Fernanda Marino e que tem na coordenação de criação o experiente e premiado Francisco “Chiquinho” Delia Lucchini; o setor de Imprensa e Conteúdo (cuja gerente é Rita Fernandes); e o de Eventos, nas mãos de Andrea Maggessi, nome também bastante conhecido do mercado publicitário carioca.

    ATUALIZAÇÃO EM 11/11/2019

    A Firjan adiou a abertura dos envelopes para o dia 04/12, nos mesmos horário e local.

    Considerando o curto prazo inicial, as agências ganham mais tempo para providenciar sua documentação e finalizar as propostas.

    (Foto: Rui Porto Filho)

    PUBLICIDADE

    Tupi FM.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    seta