Grupo Coruja. Sua marca em movimento.
Publicidade

Firjan passa a aceitar agências de fora do Rio em sua licitação

Artplan para Firjan: A gente vive para transformar

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) decidiu aceitar a parte do pedido de impugnação impetrado pela agência Cálix, de Brasília, que protestava pelo edital de licitação para a escolha da nova agência de publicidade do órgão deixar a entender que somente aceitaria a participação de agências cariocas.

Segundo o documento da Cálix, entre os pressupostos básicos de uma licitação está a “ampla competitividade, a isonomia e a impessoalidade”. Ou seja, quando a Firjan exigia a apresentação de uma campanha criada pelo escritório carioca da agência interessada na conta, estaria impedindo de que concorrentes de outros estados participassem da disputa.

A Federação das Indústrias do Rio, no entanto, negou retirar das exigências a filiação das licitantes à Associação Brasileira das Agências de Publicidade (Abap), visto que ela “exerce fundamental função de zelar pelo cumprimento da legislação que rege a publicidade no país”.

Por conta das alterações no edital, a Firjan remarcou a abertura de sua concorrência para o dia 4/12, às 14:30h, em sua sede do Rio.

Marcio Ehrlich

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta