Grupo Coruja. Sua marca em movimento.
Publicidade

Alerj se embola e decide mudar prazos de sua concorrência

Alerj

Deu o que todas as sete agências concorrentes sabiam (e a Janela havia registrado o espanto), mas só a Comissão de Licitação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) se recusava a enxergar.

Em pouco mais de seis horas seria uma irresponsabilidade a Subcomissão Técnica analisar as 229 folhas de texto e 139 pranchas apresentadas por aquelas participantes — fora os CDs — para dar as notas, em diversos quesitos, de cada uma, como o presidente da Comissão, Sérgio Gomes Novo, anunciou que aconteceria.

Como resultado, enquanto faziam hora esta quinta-feira, 26/12, depois de convocadas pela Comissão a estarem no Rio para acompanhar a decisão dos julgadores, no começo da tarde os representantes dos concorrentes receberam, do próprio Sérgio, o comunicado de que a sessão pública estava suspensa até a conclusão da análise pela Subcomissão, “sendo retornada em data a ser confirmada”.

Inexperiência?

A concorrência da Alerj vem sendo motivo de críticas das lideranças do mercado publicitário desde o seu lançamento. Gerou pedidos de impugnação e sofreu adiamentos. Não por acaso, a sessão de hoje acabou sendo a terceira ainda a tratar da entrega e abertura do primeiro envelope — o das propostas técnicas –, o que tradicionalmente é realizado em apenas um encontro.

Este colunista foi testemunha das dificuldades — por inexperiência, talvez — que a Comissão Técnica teve para tomar as decisões de como deveria agir, na primeira destas três sessões. Para as agências de fora do município do Rio de Janeiro — comentaram com a Janela alguns de seus dirigentes — vir três vezes ao Rio para a mesma coisa significou triplicar os custos de participação de seus representantes na licitação.

A data em que a Subcomissão Técnica revelará os resultados de sua análise ainda não está definida. Ainda de acordo com o comunicado assinado por Sérgio Gomes Novo, ela será divulgada na página eletrônica da Alerj.

LEIA TAMBÉM NA JANELA

promete que vai julgar concorrência em apenas um dia (em 18/12/2019)

PUBLICIDADE

Tupi FM.
UM_Digital. Sem medinho de trabalhar com você.
Marcio Ehrlich

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta