Grupo Coruja. Sua marca em movimento.
Publicidade

ABAP e ABMN prestam serviços a associados por conta da Covid-19

Mauro Madruga e Mario D'Andrea

A pandemia do coronavírus mobilizou entidades do setor de comunicação, como a Associação Brasileira das Agências e Publicidade (ABAP) e a Associação Brasileira de Marketing e Negócios (ABMN), a passarem a prestar novos serviços a seus associados.

Em comunicado, a ABAP informa que está realizando para as agências de publicidade videoconferências com especialistas tributários e trabalhistas, além de produzir materiais informativos para auxiliar os empresários do setor em suas tomadas de decisão.

“É inegável que o Covid-19 impactou a economia”, diz Mario D’Andrea (à direita, na foto), presidente da ABAP, que ressalva que “as pessoas continuam consumindo, se alimentando, limpando suas casas e consumindo conteúdo. E a publicidade ajuda nisso, movimentando o mercado e empregos, como um setor imprescindível para ajudar as empresas e marcas a retomarem seus negócios”.

No Rio, a ABMN, revela seu presidente Mauro Madruga (à esquerda, na foto), firmou duas parcerias para apoiar os sócios. Com a agência FSB Comunicação, através da FSB Inteligência, a entidade está recebendo relatórios abrangentes sobre o Covid-19 para fornecer às empresas associadas. E com a Unimed-Rio informações sobre o mesmo tema começaram a fazer parte de relatórios que todos estão recebendo.

“Vivemos um momento sem precedentes na história mundial recente. Nunca tivemos tanta tecnologia e avanços disponíveis e, ao mesmo tempo, nunca nos deparamos com uma crise de propagação tão rápida e intensa. Pela ABMN, acreditamos que informações e conhecimento são os principais recursos que podemos dividir neste momento”, explicou Madruga.

ATUALIZAÇÃO: APP TAMBÉM VAI AJUDAR O MERCADO

A Associação dos Profissionais de Propaganda (APP), através do seu presidente Enio Vergeiro, acaba de informar que vai disponibilizar a Câmara Nacional de Arbitragem e Mediação na Comunicação (CNAMEC) gratuitamente para o mercado publicitário brasileiro — anunciantes, veículos de divulgação, fornecedores de serviços especializados em publicidade, agências de publicidade, agentes digitais, profissionais de propaganda e da comunicação em geral e demais players do setor, enquanto estivermos vivendo a pandemia do coronavírus, para mediar os conflitos que venham a ocorrer entre esses setores.

Vergeiro destaca que a CNAMEC tem o intuito de solução rápida das pendências entre as partes, com a participação de árbitros e mediadores experts em comunicação, cuja conclusão final tem força legal.

Esta é a orientação da APP:

Os interessados deverão apresentar, em conjunto, à CNAMEC, em petição dirigida ao seu Presidente, requerendo a instauração de procedimento de MEDIAÇÃO, cujo(s) mediador(es) será(ão) indicado(s) pelas partes em conflito.
O encaminhamento deverá ser feito via digital, dirigido ao e-mail cnamec@appbrasil.org.br com a exposição sintética do problema e com os dados das partes requerentes.
O procedimento de MEDIAÇÃO será imediatamente instaurado e terá processamento sempre via digital.
Qualquer dúvida poderá ser dirigida ao mesmo e-mail e será dirimida no prazo de 24 horas.

PUBLICIDADE

Tupi FM.
UM_Digital. Sem medinho de trabalhar com você.
Marcio Ehrlich

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta