• Oi Ads
  • Secom oficializa R$ 35 milhões para campanha sobre a Covid-19

    General Eduardo Pazuello (foto: Sérgio Lima)

    As agências Calia, CCP, Fields e Nova/SB, que atendem o Ministério da Saúde, se apresentam esta sexta-feira, 12/06, em Brasília, para a concorrência pela “campanha publicitária com objetivo de divulgar ações do Governo Federal realizadas para atenuar os efeitos da crise provocada pela Pandemia do Covid-19 em todo Brasil”.

    A campanha, orçada em R$ 35 milhões, foi oficializada, com o texto entre aspas, acima, nesta quarta, 10/06, em publicação da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) pelo Diário Oficial da União. O valor foi repassado à Secom pelo Fundo Nacional de Saúde do Ministério da Saúde, pelo que é chamado, na burocracia governamental, de “Termo de Execução Descentralizada nº 05/2020”.

    O acordo foi assinado no dia 08/06 e terá sua vigência até 31/08.

    (Na foto de Sérgio Lima (Poder 360) que ilustra esta matéria, o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, em reunião no Palácio da Alvorada, terça-feira, 09/06, se confunde com a máscara que exibe a bandeira do Brasil e o logo do SUS e a coloca de cabeça para baixo.)

    Atualização em 15/06

    Entre as agências que cuidam da comunicação do Ministério da Saúde, a Calia foi considera a vencedora da concorrência para a criação da campanha acima.

    PUBLICIDADE

    Tupi FM.
    UM_Digital. Sem medinho de trabalhar com você.
    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta