• Oi Ads
  • Heads encerra suas atividades no Rio depois de 12 anos

    A sede da Heads Rio em Ipanema

    A agência paranaense Heads deixa de operar no Rio a partir desta terça, 30/06, com todos os seus funcionários já dispensados. A Heads estava no mercado carioca desde 2008, quando conquistou a conta da Petrobras.

    Em 2012, ao mudar a sede da agência para Ipanema, seu diretor Claudio Loureiro dava entrevistas se declarando “apaixonado pela cidade”. E revelando que investiu R$ 9 milhões na compra do prédio da Rua Barão da Torre, que foi integralmente reformado pela arquiteta Paula Neder.

    Comandada pela publicitária Letícia Machado, a Heads Rio chegou a atender contas como Unimed, Enel, Barrashopping e a regional de Boticário. Pela criação da agência passaram nomes premiados como Flavio Medeiros, Luis Christello, Kike Borell, Dani Ribeiro, Felipe Rodrigues e Eduardo Almeida, na direção de criação.

    Em 2017, a agência foi uma das vencedoras pela conta da Petrobras Distribuidora, dividindo com a NBS a verba de R$ 485 milhões. Em 2018, a Heads chegou a absorver a Giacometti do Rio, levando para sua equipe o diretor da Giacometti, Flavio Martino.

    Este ano, privatizada, a BR abriu concorrência e a conta deixou a Heads, a caminho da agência África.

    PUBLICIDADE

    Tupi FM.
    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta