• Fields leva a disputa pela campanha da Saúde para a multivacinação

    Zé Gotinha

    A família do Zé Gotinha vai estar de volta em breve. Deve ser lançada em agosto a campanha de multivacinação de 2020, promovida pelo Ministério da Saúde (MS), com verba estimada em R$ 15 milhões para a fase inicial. E a responsável pelo trabalho será a agência Fields, anunciada esta terça, 28/07, como a vencedora da concorrência interna com as demais agências que atendem o órgão: CC&P, Calia e Nova/SB.

    Como pedido pelo MS, a Fields apresentou dois conceitos. O vencedor foi “Movimento Vacina Brasil. É mais proteção para todos”, fortalecendo a iniciativa do Movimento Vacina Brasil e aproveitando para dar destaque ao momento atual da pandemia. A proposta conseguiu nove votos dos julgadores, formados pela equipe técnica da Assessoria de Comunicação do Ministério da Saúde, juntamente com o Núcleo de Comunicação (Nucom) e área técnica da Secretaria de Vigilância em Saúde, responsável pelo Programa Nacional de Imunizações. A outra linha criativa da Fields, não aprovada, foi “Atualizar a caderneta é proteger a história dos seus filhos”.

    A proposta que será adotada pelo MS descartou as duas linhas propostas pelas demais agências. As da CC&P foram: “Vacine seus filhos. Cuide de quem você ama.” e “Caderneta de vacinação completa, cuidado completo”. As da Calia, “A vida pede proteção. A vacina protege.” — que chegou a levar dois votos dos julgadores — e “Eu vacino. Tem vacina, tem proteção”. E as da Nova/SB “Vacinação. Um ato de amor pela vida.” e “Vacine. A vida com proteção tem muito mais diversão.”

    O fato de ter vencido a disputa interna dá à Fields a vantagem de receber 40% da remuneração resultante dos investimentos do MS. Pelo sistema do órgão, as demais concorrentes, no entanto, não ficam desguarnecidas. Cada uma das três dividirá os 60% restantes.

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    seta