Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 13/MAR/1998
Marcio Ehrlich

 

Abap-Rio quer boicote à DePlá

Jonas Suassuna (1998)
Jonas Suassuna, presidente da AbapRio
Jonas Suassuna, presidente da Abap-Rio, está encaminhando carta às suas agências associadas recomendando que nenhuma delas participe da concorrência da rede de lojas de fotografia DePlá, para a qual mais de 30 agências do mercado se apresentaram esta semana, entre as quais muitas de grande porte, como a Thompson, a Artplan e a DPZ.
Segundo Jonas, a proposição de Daniel PIá, diretor da empresa, é extremamente nociva ao mercado publicitário. A empresa não só solicitou às concorrentes a entrega de campanhas especulativas- sem que as agências sequer tenham o direito de apresentá-Ias pessoalmente -, como afirmou que fará a seleção entre as cinco melhores a partir de propostas das agências de qual baixará mais os seus honorários de veiculação e produção. O presidente da Abap-Rio acusa a DePlá de estar fazendo exigências das agências sem que ela própria possa dar qualquer garantia de que estará cumprindo o seu lado, ou seja, efetivamente veiculando uma verba de R$ 2,5 milhões.
Para Jonas, a agência que aceitar as condições do anunciante estará assumindo publicamente a responsabilidade por abrir uma brecha no mercado que poderá prejudicar sensivelmente todo o setor, inclusive a si própria no futuro.

Campeonato do CCRJ começa a revelar campeões.

Está ficando cada vez-mais "disputado o Campeonato de Futebol que o CCRJ­ Clube de Criação do Rio de Janeiro está promovendo todos os sábados no Rio Sport Center. Na semana retrasada, em três jogos, o destaque foi a produtora de comerciais Produtores Associados, que arrasou a Doctor numa goleada de 8 X 3. Os outros jogos foram mais disputados. A Rainer e a Artplan conseguiram um empate de 3 X 3, enquanto a Década venceu a Contemporânea por 3 X 2.
E no último sábado, quando aconteceu a terceira rodada, a Produtores Associados disparou de vez na ponta, trucidando a Fischer, Justus-Rio por 7 X 0. O mesmo placar, aliás, com que a Ferrari acabou com a Staff/CP&F. Nos outros jogos, a Contemporânea venceu a Zapt por 3 X 2, e a Salles ganhou da Artplan por 4 X 2.
Como vale quase tudo neste Campeonato, ainda estão abertas inscrições para as agências ou produtoras que queiram montar seus times. Para isto, basta procurar o idealizador do torneio, Fernand Hurel, na Década, pelo telefone 224-9494.

Carlos André "Dedé" Eyer e Fernando Campos Sérgio de Paula e Marcelo Gorodicht
Antes das partidas, a confraternização é geral no Campeonato do CCRJ. Carlos André, Fernando Campos, na foto da esquerda, ao menos parecem se divertir. Difícil é acreditar que Sérgio de Paula, da Doctor, e Marcelo Gorodicht, da Fischer, prósperos empresários da publicidade carioca joguem bola.


V&S ganha o primeiro lugar na concorrência da Riotur

A V &S saiu na frente na disputa pela verba de R$ 18 milhões anuais da Riotur, decidida em concorrência cujo resultado foi publicado na última sexta­ feira. Ela alcançou 86 pontos da área técnica, deixando em segundo a Contemporânea, com 82 pontos e em terceiro a McCann, com 76. As demais colocadas foram J.W.Thompson (74), Denison (70), Salles (69), Giovanni (66) e Cult (59).
Hoje, a Riotur abre os envelopes com as propostas de preço, uma exigência legal que dificilmente alterará os resultados desta primeira fase e dará à V &S a administração de uma das mais importantes contas publicitárias do mercado carioca pelos próprios pelos próximos dois anos.
Curiosamente a V &S esteve próxima de ficar de fora da disputa. No balanço apresentado pela empresa entre os seus documentos legais, não apareceu -"misteriosamente", segundo o diretor da agência, Carlos Alberto Carmo - a coluna referente ao passivo da empresa, o que causou a sua desclassificação. A V &S entrou com recurso demonstrando que, a despeito da coluna não ter sido impressa, os seus valores estavam integralmente contabilizados nos cálculos de liquidez apresentados no restante da documentação. O argumento permitiu ao menos uma liminar na justiça e a V&S foi reintegrada à concorrência ficando a questão apenas no aguardo de um julgamento ou de que alguma agência entre com recurso contra a vitória da V&S.

Troca-troca de profissionais
promete mais mexidas.

André Nassar (1998)
André Nassar, diretor de arte
Todo ano isso acontece.
De repente, criadores chaves de algumas agências mudam de posto e a dança das cadeiras se torna ainda mais frenética.
Depois da ida de Felipe e da saída de Ricardo Guinsburg da McCann, o mercado se surpreendeu com a contratação do diretor de arte André Nassar pela Fischer, Justus de São Paulo, onde ele vai retomar sua dupla com o redator Silvio Matos, com o qual trabalhou na Contemporânea.
A Fischer, aliás, está insaciável também no Rio. Tirou da Giovanni, FCB o seu diretor de atendimento José Land, para assumir a diretoria de unidade de negócios do Ponto Frio e levou da Doctor uma de suas duplas principais: o redator Fred Moreira e o diretor de arte Humberto Fernandes.
E como se não bastasse para agitar o mercado, Fernando Barcelos deixou a direção de criação da Denison Rio, agência de onde, há duas semanas, saiu o próprio presidente Celso Japiassu, o que deixa a Denison numa posição ainda mais fragilizada.

Acaba o Carnaval e o ano
finalmente começa no Rio

Mal voltaram ao trabalho, as agências do Rio começaram a saber dos resultados das diversas concorrências que estavam sendo disputadas, prometendo um ano festivo para 1998.
A Doctor, depois de brindar pela entrada do Banco Boavista, está comemorando a conquista de mais duas contas: a Conectel, empresa de pagers cuja verba de R$ 600 mil foi disputada também pela Propeg e pela GR.3 e a concessionária Ronda Rio Japan.
A notícia, para a Contemporânea, foi a decisão da conta do Rio Walter Planet, parque temático a ser inaugurado em 1998 no Rio. Participaram da concorrência as agências DPZ, McCann e Fischer & Justus, além da Contemporânea. A verba estimada se situa entre 2 e 3 milhões de dólares anuais e o milhões de dólares anuais e o projeto deve ser apresentado à imprensa dentro de 60 dias.
E ganhou destino a conta do bacalhau da Noruega, que ficou à deriva desde que a BM&A foi absorvida pela Artplan. Pois o bacalhau está agora nadando no mar da Publicis Norton, que vai cuidar do principal produto da Associação de Exportadores de Bacalhau, cuja verba esta verba está estimada em R$ 2 milhões. Na concorrência participaram, Contemporânea, Década, Denison, Giovanni FCB, Propeg e V&S/Young & Rubicam.
Enquanto isso, com apenas quatro meses de agência, Roberto Bahiense conquista sua nona conta: a Verba Fomento Mercantil, empresa das famílias mineiras Andrada Tostes e Nunes Martins. A agência será responsável pelo projeto de private label. A verba é de R$ 1 milhão.

Disputa entre o Globo e o Dia chega às agências dos dois.

A GR.3, agência que está atendendo os jornais O Dia e A Notícia, não perdeu tempo para aproveitar para seus clientes o recall da campanha de lançamento do novo jornal do grupo O Globo, batizado de Extra. A agência de Gustavo Bastos saiu com uma campanha promocional tendo como título "Extra! Extra!" na qual anunciava o relançamento do jornal A Notícia e uma promoção que dará uma Blazer zero ao vencedor.
Quem não gostou da história foi a agência Contemporânea, responsável pela campanha de lançamento do Extra. Ela não só entrou com uma queixa no Conar pedindo para a campanha do A Notícia ser sustada como acusou a GR.3 de se aproveitar do layout da campanha do Extra para confundir o público.
Ao mesmo tempo, o diretor da Contemporânea, Armando Strozenberg, tornou pública a sua atitude ao comunicar à imprensa que seu pedido ao Conar foi para que sustasse "o esbulho promovido por uma publicidade aética"
Em entrevista ao noticioso Blue Bus, Gustavo Bastos se defendeu alegando que sua agência fez "uma paródia para posicionar A Notícia como o veículo concorrente do Extra", e não, como muita gente tem comentado que seria o jornal O Dia.

MKTMIX

* PARABÉNS PRA vocês - A Janela se abre para comemorar os aniversários da semana passada do mercado:
Dia 07/03, sábado: Arthur Mublemberg (Redator da Duda Mendonça), Gustavo Nogueira, Lula Vieira (vice-presidente de Criação da V &S);
Dia 08/03, domingo: Artur Fontes (Diretor da Conspiração), Gisela Martini (Diretora de Criação da Unlike), Paulo Salles (Presidente de Operações da Salles DMB&B);
Dia 09/03, segunda: Lúcia Leme (CNT/Rio), Neuza Silveira (Gerente da Sucursal-Rio da Editora Referência);
Dia 10/03, terça: Marcos Spinola Montenegro (Diretor do Ibope), Viviane Vianna (Gerente de Produção da Multinational);
Dia 12/03, quinta: Andrea Lobato (Supervisora de Criação da Cult), Carlos Eduardo Jardim; e os da próxima semana:
Dia 14/03, sábado: Celso Japiassu (Diretor da Publicis Norton-Rio), Neuza Barbosa (Diretora de Produção da Dinâmica);
Dia 16/03, segunda: Eliana Gomes de Mattos (Diretora de Operações da Elan Garden);
Dia 17/03, terça: Donald Jhin, Juan Vicente (Dir. Presidente da JVA), Valter Hermann (Diretor de Atendimento da Gco/Promag);
Dia 18/03, quarta: João Carlos Araújo (Diretor de Arte da Communitá), João Paulo Pereira (Diretor Arte da DPZ) , Maria Luiza Barbosa, Sérgio do Rego Monteiro (Vice-Presidente de Marketing do Jornal do Brasil);
Dia 19/03, quinta: Felipe Rodrigues (Redator da Z+G Grey);
* CAMINHO DE SAMPA - A Staff CP&F já marcou para o dia 20 a abertura de seu escritório em São Paulo, que acabou saindo sem associação com qualquer outra agência. A Staff atende em São Paulo as contas do laboratório Support, fabricante da vitamina Sustain e da seguradora inglesa Royal Sun Alliance.
*O SOM DO GAÚCHO - A Mr. Vox acaba de editar um CD de portfólio com 56 de seus principais trabalhos realizados em 30 anos. De quebra, o CD inclui uma montagem de músicas do compositor Leoni, que agora está criando com exclusividade para a produtora do Luís Cortabitart, nome com o qual Gaúcho assina cheques.
* DIA A DIA - O Dia ainda não resolveu para que agência vai a sua conta, entre a GR.3, que vem cuidando do cliente, a Artplan, a Fischer, Justus/Rio e a Propeg. O jornal deixou a decisão para a próxima semana.
* DEBUT - No próximo dia 19, a Publicis Norton estará apresentando ao mercado carioca, oficialmente, o novo diretor geral do seu escritório carioca: Celso Japiassu. O coquetel será no Les Champs Elysées da Maison de France.
* CARTAS - Correspondências para a Janela devem ser enviadas para a Praia de Botafogo, 340 grupo 210, CEP 22250-040, Rio - RJ. Ou para o e-mail ehrlich@pobox.com.