• Secom renova com Artplan, Calia/Y2 e NBS, mas reduz verba

    Palácio do Planalto

    A Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) prorrogou por 12 meses — ou até a conclusão de nova licitação — seu contrato com as agências Artplan, Calia/Y2 e NBS.

    O novo contrato tem algumas novidades. A primeira é que o Governo decidiu reduzir a verba. As agências terão para administrar um valor total de R$ 132,7 milhões, aproximadamente menos 36% que os R$ 208 milhões licitados quando a concorrência foi lançada em 2016 e definida em agosto de 2017.

    Outra mudança é que, pela primeira vez, a Secom deixa registrado que pode interromper a relação antes mesmo de o prazo de um ano terminar. Como se tem falado em Brasília, a Secretaria de Comunicação estaria pensando em soltar um novo edital concentrando a publicidade não apenas da Presidência da República como de vários outros órgãos da administração federal, juntando também a responsabilidade pela criação das peças offline e online.

    O novo contrato valerá de 21/08/2019 a 21/08/2020.

    Nova diretora de Publicidade

    A Secom, aliás, tem nova diretora do Departamento de Publicidade da Secretaria de Publicidade e Promoção. O Diário Oficial desta sexta, 23/08, publicou a nomeação de Gislaine Passador Bittencourt de Sá para o cargo.

    Formada em publicidade pela Universidade de Brasília, ela possui MBA Executivo em Marketing e é especialista em Comunicação nas Instituições Públicas, pela USP.

    Atuando sempre em Comunicação e Marketing, fez carreira na Caixa Econômica Federal e foi cedida para a Presidência da República em 2005. Desde então vem atuando na área de Publicidade da Secom, como assessora e coordenadora, até chegar agora à Direção.

    ATUALIZAÇÃO EM 27/08

    A Secom publicou uma retificação no Diário Oficial de 27/08 baixando ainda mais o valor da verba. Dos R$ 132,7 milhões caiu para R$ 127,3 milhões. Não foi dada nenhuma justificativa.

    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    2 + 7 =

    seta