• PF bate na porta da Propeg atrás da antiga Rede Interamericana

    PF na Propeg

    O escritório da Propeg em Salvador amanheceu esta terça, 10/12, com a Receita e a Polícia Federal às portas. A agência, no entanto, emitiu nota explicando que tratava-se de erro de endereços:

    “Na manhã desta terça-feira, 10 de novembro, o escritório da Propeg em Salvador se viu envolvido em uma confusão causada por erro de endereços. A diligência cumprida na agência destinava-se, na verdade, a outra empresa e não a Propeg.

    Portanto, vale destacar que a Propeg, que tem Contratos Públicos e inúmeros clientes privados, não está sendo investigada na Operação ocorrida hoje em alguns estados. Cumpre informar que a Propeg já está tomando as providências cabíveis e necessárias para desfazer este engano crasso por parte da Receita Federal”.

    Segundo informações da empresa para a Janela, os mandados procuravam, naquele endereço, a Rede Interamericana de Publicidade, nome da empresa que, no passado, controlava tanto a Propeg quanto a agência carioca NBS.

    Fernando Barros, diretor da Propeg, esclareceu que a Rede Interamericana é gerida por ex-sócios da Propeg que ficam em São Paulo, e a relação entre elas se encerrou em 2001.

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    seta