Vereador pede proteção aos animais em eventos no Rio de Janeiro

Jockey Club - Alerta sobre gatos

O vereador Dr.Marcos Paulo (PSOL) apresentou projeto de lei na Câmara Municipal do Rio para que a liberação de eventos no Rio de Janeiro precise também de “nada a opor” do órgão municipal de proteção animal.

O objetivo, explica o político, é evitar danos aos animais domésticos abandonados, ou outros da fauna nativa, que ocupam logradouros públicos onde também se pretenda realizar eventos .

Apesar de não estarem citados especificamente no projeto de lei, o Rio de Janeiro tem pelo menos dois locais que se tornaram residência de centenas de gatos: a Praça da República, no Centro da cidade, e o Jockey Club, no bairro da Gávea. A administração do Jockey, inclusive, chegou a instalar em suas áreas de estacionamento diversas placas alertando os motoristas a aguardar antes de dar a partida, porque pode haver um gato embaixo do carro.

Pelo projeto do Dr.Marcos Paulo, os organizadores de eventos em locais como estes deverão apresentar um “plano de proteção da rotina e do ambiente dos animais”, assim como “produzir material educativo com orientação de como se comportar”, para distribuição aos participantes. Estas exigências passariam a integrar as solicitações que as empresas promotoras precisam submeter ao programa “Rio Ainda Mais Fácil Eventos”, que a Prefeitura do Rio implantou no portal Carioca Digital.

O projeto de lei complementar, que leva o número 152/2019, irá agora para a apreciação das diversas comissões, como de Justiça, Assuntos Urbanos e Direitos dos Animais.

(Foto: Rejane Guerra)

PUBLICIDADE
[adrotate group=”1″]

Marcio Ehrlich

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seta