• PC2020RJ - Colunistas e CCRJ agora juntos
  • Dívidas do Governo do Rio em 2019 superam R$ 6 milhões com agências

    Wilson Witzel

    Para atender conta de governo, agência precisa mesmo de muito lastro financeiro. A Casa Civil do Governo do Estado do Rio publicou na última sexta-feira, 27/11, em edição especial do Diário Oficial, uma série de reconhecimentos de dívida com suas agências Agência3, Artplan, Binder, Nacional e Propeg, referentes a “serviços de campanhas de publicidade realizadas em 2019”, ou seja, dos tempos em que Wilson Witzel estava à frente do executivo.

    Os maiores débitos são com a Agência3 (R$ 2,85 milhões) e com a Artplan (R$ 2,45 milhões), vindo em seguida a Propeg (R$ 644 mil), a Binder (R$ 411 mil) e a Nacional (R$ 197 mil).

    Segundo conversa com fontes do Governo, a publicação foi necessária para formalizar, dentro da contabilidade governamental, as iniciativas que a área financeira terá que tomar para quitar sua situação com as agências. Alguns débitos, explicaram, acabam se devendo à demora de alguns veículos emitirem seu faturamento, ou mesmos as notas fiscais virem com erros de emissão.

    Em conversa com a Janela, o dirigente de uma das agências revelou tranquilidade sobre a situação. “Acabam pagando”, disse ele, contando que já chegou a ser credor de R$ 22 milhões de uma conta do governo federal e não deixou de receber.

    O Governo do Estado do Rio, no entanto, não tem previsão de quando regularizará sua situação com as agências que lhe atendem.

    (Foto de Wilson Witzel: Marcelo Fonseca/Estadão Conteúdo)

    PUBLICIDADE

    Tupi FM.
    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    83 + = 93

    seta