• FSB sai na frente pela conta corporativa da Caixa

    Marcos Trindade FSB

    Não foram muitas as concorrentes à conta corporativa da Caixa: apenas BCA, FSB e InPress. E a FSB, que tem Marcos Trindade (foto) como CEO, saiu-se vencedora da rápida disputa, que teve entrega de documentação no dia 08/12 e resultado definido na quinta-feira, 17/12.

    Os julgadores Laura Adjuto Menezes Brandão Gracindo (TSE), Vinicius Joyce Da Costa Azevedo (Caixa) e Mariana Gonçalves Dias de Borba (Caixa) não demoraram a dar nota 98,06 para a FSB, ficando a InPress com 97,01 e a BCA com 70,08. Essa última, por não alcançar o mínimo da pontuação, foi desclassificada.

    Na fase de preços, tanto FSB quanto InPress ofereceram 5% de desconto sobre os valores relacionados pela Caixa em seu edital. Como a FSB, melhor colocada na fase técnica, aceitou passar para 6%, foi considerada vencedora da licitação.

    O resultado agora só vai depender do julgamento do recurso que a InPress afirmou, durante a sessão realizada no Auditório da Caixa, em Brasília, que pretende apresentar, para que sejam revisadas as pontuações técnicas.

    FSB também na Infraestrutura

    A agência, esta semana, teve renovado seu contrato com o Ministério da Infraestrutura, assinado originalmente em 2019. A verba recebeu um acréscimo de 24,92%, chegando a R$ 1.120.429,84.

    Atualização em 08/02/2021

    A Caixa confirmou a vitória da FSB, não aceitando os recursos da InPress. Após análise, a subcomissão eitiu parecer citando que, “apesar da planilha não conter justificativas, todas as notas atribuídas levaram em questão o embasamento teórico e técnico de comunicação corporativa. Após a análise dos recursos e das contrarrazões, a subcomissão técnica decide por manter as notas dadas na avaliação, visto todos critérios de julgamento exigidos no edital foram considerados” (o texto entre aspas é a reprodução literal do documento).

    Atualização em 24/03/2021

    A Caixa assinou seu contrato com a FSB em 11/03/2021, válido por 12 meses contados a partir de 02/04/2021. O valor global está estabelecido em R$ 14.292.982,70.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Caixa sorteia jurados da disputa por sua conta corporativa (em 10/11/2020)

    Disputa pela conta corporativa da Caixa tem só três agências (em 08/12/2020)

    PUBLICIDADE

    Tupi na TV.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    + 36 = 43

    seta