• Sobraram sete na briga pela conta digital do MDR

    O MDR no Facebook

    Não deu para BR+, Monumenta e Partners na disputa pela conta digital do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Eliminadas na fase de habilitação, por problemas na documentação,  elas não tiveram seus recursos aceitos e não disputarão mais a verba de R$ 8,1 milhões alocada para o site e demais presenças do órgão na internet.

    Com isso, as sete remanescentes — Approach, BriviaDez, Capuccino, FSB, Impacto, InPress e Moringa — tiveram que voltar nesta quarta, 03/02, a Brasília, para entregar suas propostas técnicas. E que agora serão analisadas por Gustavo de Assis Calsing, Ivoneide Saraiva de Carvalho e Maurício de Albuquerque Santos, os membros sorteados na subcomissão técnica da Concorrência nº 2/2020.

    Atualização em 12/04/2021

    O Diário Oficial da União (DOU) registra que, após analisar os diversos recursos apresentados a partir da divulgação das notas técnicas, assim ficaram os resultados das agências:

    1 Brivia 78,5 Classificada
    2 In.Pacto 75,3 Classificada
    3 In Press 72,9 Desclassificada
    4 L2W3 (Moringa) 70,4 Desclassificada
    5 Capuccino 67,9 Desclassificada
    6 Approach 66,7 Desclassificada
    7 FSB 60,9 Desclassificada

    As duas classificadas agora passarão pela fase de análise da proposta de preço, a ser aberta na quarta-feira, 14/04, às 10:00h, em Brasília.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    MDR atrai 10 agências para a disputa de sua conta digital (em 28/12/2020)

    PUBLICIDADE

    Tupi na TV.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    40 − 35 =

    seta