• Venda da Cultura não deve alterar o marketing do Rio

    Cultura Inglesa

    A venda da Cultura Inglesa do Rio de Janeiro para a Cultura Inglesa de São Paulo não deve alterar seu marketing. A afirmação é da assessora de imprensa do curso, Zara Costa, em resposta a questionamento feito pela Janela a Antonio Mota, responsável pela área na operação carioca.

    Segundo o comunicado, “na prática, a área de marketing de Cultura Inglesa e Hyper continuam com estrutura própria no Rio de Janeiro e a Quintal segue desenvolvendo as campanhas publicitárias das marcas”.

    No início de março, a Spot Educação, braço do Gera Venture Capital, de Jorge Paulo Lemann, para a área de educação, vendeu a Cultura Inglesa do Rio, Brasília e outros estados para a Associação Cultura Inglesa de São Paulo (Acisp).

    A conta da Acisp para a comunicação das Culturas de São Paulo, Santa Catarina e Bahia foi conquistada em novembro de 2020 pela Artplan.

    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    36 + = 43

    seta