• Governo do Rio retira MUB que exibiu máscara de cabeça para baixo

    A Secretaria de Saúde do Rio se desculpou publicamente e está comunicando que mandou recolher as peças de OOH em que o modelo foi fotografado com a máscara de cabeça para baixo.

    A denúncia tomou de assalto as redes sociais desde a tarde de sábado, 10/04, reproduzindo a peça que teve criação da agência Propeg e foto de Rudy Huhold.

    Disse a resposta do órgão: “A @saudegovrj agradece a observação de vcs. Nós, profissionais da Comunicação da @saudegovrj e da Publicidade do @govrj, pedimos desculpas por não termos percebido esse equívoco no uso da máscara dentro do nosso maior intuito nesta campanha: incentivar as pessoas que já podem se vacinar a buscar a imunização contra a Covid-19 e a manter as medidas de proteção. As peças publicitárias da primeira fase da campanha já foram recolhidas ontem (09.04) e uma segunda fase irá para as ruas nesta terça-feira (13/04)”.

    Não é de hoje que o uso público de máscaras de cabeça para baixo chama a atenção, a despeito de a inversão da peça não alterar a sua funcionalidade de defender o usuário. Em junho de 2020, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi fotografado com a máscara invertida, com a imagem também sendo bastante reproduzida pelas redes sociais.

    Eduardo Pazuello com máscara de cabeça para baixo, em junho de 2020
    Eduardo Pazuello com máscara de cabeça para baixo, em junho de 2020

    No caso do Governo do Estado, a desatenção na produção — que passou despercebida por toda a cadeia de aprovação das peças da campanha — tem a curiosidade de que o personagem fotografado sequer é um modelo profissional. Na verdade, segundo levantamento da Janela, ele é médico e saiu diretamente do seu plantão para o estúdio, de forma voluntária, para colaborar com a campanha. Assim como aconteceu com a enfermeira que aparece nas fotos. Ou seja, nem o próprio médico percebeu que colocou a máscara invertida.

    A Propeg também se desculpou pelo erro, em conversa com a Janela, citando que vai oferecer ao Governo do Estado a refação do trabalho.

    O mais chato, na situação, para a própria Propeg, é que a agência é uma especialista no uso de máscaras. A Propeg levou recentemente o Grand Prix de Mídia Impressa no Colunistas Norte-Nordeste 2020 pela campanha, criada para o veículo Correio da Bahia, estimulando o uso correto das máscaras no combate à pandemia do coronavírus.

    Propeg para o Correio da Bahia
    Campanha da Propeg para o Correio da Bahia para o uso correto da máscara foi premiada no Colunistas 2020.

    PUBLICIDADE

    Tupi na TV.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    4 + 5 =

    Discussão

    1. […] Fonte: Janela Publicitária […]

    2. André Barros

      Lastimável esse erro! Nem a agência nem o cliente viu! Cadê o atendimento?
      Será que ninguém sabe usar máscara?
      Qual o foco principal desta campanha? A máscara… Que horror!

    seta