• Jornal dos Sports está de volta como site, mas promete impresso

    Jornal dos Sports, como site, em Curitiba

    Estreou na última quinta-feira, 06/05, a versão em soft-opening do novo site do Jornal dos Sports, que, desta vez, tem à frente o publicitário carioca Guilherme Charles, agora radicado em Curitiba.

    Além de ter passado pela área comercial de emissoras de rádio como Tropical e Panorama, no Rio, Guilherme foi diretor de marketing da Federação de Futsal, e viu no esporte amador o potencial para direcionar, a partir de agora, a publicação.

    Na primeira fase, Guilherme vai focar no digital e em uma parceria com a emissora RIC Record TV, de Curitiba, para a transmissão de um programa com a marca do Jornal dos Sports.

    Mas, em conversa com a Janela, o empresário garante que, em até 60 dias, sai com versão impressa, em periodicidade inicialmente mensal, no formato tabloide americano, e com a tiragem de 50 mil exemplares no Rio, 30 mil em Curitiba e 10 mil em Taubaté, cidade do interior paulista onde ele tem parcerias comerciais.

    “Venho para não sair mais”, afirmou para a Janela Guilherme Cunha, que tem na equipe Arthur Viana como diretor executivo e Pedro Sodré como coordenador de jornalismo, chefiando uma equipe de cerca de 10 colaboradores. Para Cunha, apesar de tanta gente falar na queda de interesse em publicações impressas, “o leitor de esportes continua gostando de ter seu jornal nas mãos”.

    História na Publicidade

    Fundado em 1931, o jornal de capa cor de rosa foi a publicação em que Genilson Gonzaga manteve, nos anos 1970, sua coluna publicitária “O Mercado”. Muitos publicitários passaram por lá, como Theo Drummond, Hermínio Naddeo e Carlos Monteiro.

    A conta publicitária do JS era até disputada pelas agências do Rio, tendo passado por Caio, Ícone, Rio Ka e Publinews.

    O último empresário a botar o Jornal dos Sports na rua, com este mesmo nome, foi Wellington Rocha, que comprou a marca de Lourenço Rommel Peixoto, vp do Jornal de Brasília, e Armando Garcia Coelho. Estes dois, por sua vez, haviam negociado o veículo com Omar “Catito” Peres, dono do JS a partir de 2000.

    Em 2011, o publicitário Arnaldo Cardoso Pires, ex-Cult, Fischer América e Dial Brasil, liderou um grupo de empresários e comprou todo o acervo do Jornal dos Sports. Como não houve negociação para o nome do jornal nem para a marca, a solução foi lançar um jornal gratuito, para distribuição exclusiva dentro do Metrô do Rio, com o nome de RJ Sports, e que circulou até 2015.

    Marca caducou

    No site do INPI, é possível descobrir que a marca nominativa do Jornal dos Sports estava registrada em nome da Editora dos Esportes SPA XXI Ltda., empresa que até já faliu e tinha como sócios Alba Ferreira e Almir Ferreira Leite. A concessão dos direitos ao nome Jornal dos Sports iniciou-se para esta empresa em 1979 com vigência até 2009.

    Neste meio tempo, a marca esteve envolvida em diversas penhoras judiciais por conta de dívidas trabalhistas. Em 2009, o INPI chegou a abrir prazo até 02/2010 para que alguém solicitasse a renovação dos direitos à marca. Como ninguém foi atrás, em 05/2013, seguindo o artigo 142 da Lei 9279/96, a chamada Lei de Propriedade Industrial (LPI), o registro da marca foi extinto. Como se costuma dizer, caducou.

    E lá ficou até que Guilherme Charles se desse conta disso, contratasse suporte jurídico e conseguisse o direito de relançar o Jornal dos Sports para o público.

    PUBLICIDADE

    Tupi na TV.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    67 + = 75

    Discussão

    1. ANTONIO ACCIOLY

      Começou errado. A marca indelevel do Jornal dos Sports eram as capas cor de rosa.
      O site apresentado não tem nenhuma caracteristica desta cor.

    seta