• Eduardo Paes começa a procurar quem fará o Réveillon de 2022

    Eduardo Paes no Réveillon de 2011 (foto de Gabriel de Paiva para O Globo)

    ‘Ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro’, deve estar cantando o prefeito carioca Eduardo Paes, que lançou com estardalhaço esta sexta-feira, 06/08, a concorrência pelas empresas que vão produzir tanto a festa de Réveillon da Praia de Copacabana como dos palcos espalhados pela cidade.

    Assinados pela Riotur, os Cadernos de Encargos e Contrapartidas para os dois projetos já estão disponíveis para download na página de Editais e Avisos da empresa de turismo do Rio, onde se vê que, diferentemente da tentativa fracassada de Crivella no último Réveillon, nem se fala em festa virtual. O Caderno de Encargos deixa clara a estimativa de nada menos que dois milhões de pessoas — “entre cariocas, turistas de outras cidades do Brasil e de todo o mundo” – na orla de Copacabana.

    Fracasso de 2020

    Para a virada de 2020 para 2021, o então prefeito Marcelo Crivella chegou a tentar a realização de um Réveillon virtual. Três empresas até apareceram como interessadas: a GS Eventos, a ProntoRJ e a SRCOM, esta a responsável pelas festas de Copacabana desde 2013!

    A SRCOM, agência de Abel Gomes e Sheila Roza, confirmou que iria correr atrás da viabilização. Mas não deu. Como a Janela noticiou em primeira mão na época, Abel e Sheila não conseguiram patrocinador e o evento acabou cancelado por Crivella.

    Para o Réveillon de 2022, as propostas deverão ser entregues até 06/09/2021, na sede da Riotur.

    Questionado pela Janela, Abel Gomes adiantou que a SRCOM, mais uma vez, vai entrar na disputa para assinar um Réveillon do Rio de Janeiro.

    (A foto que ilustra a coluna é de Gabriel de Paiva, para O Globo, no Réveillon de 2011)

    ATUALIZAÇÃO EM 27/08

    Por mudanças no Caderno de Encargos — que agora não obriga a que as agências interessadas tenham que apresentar um compromisso do patrocinador — a data de entrega das propostas foi adiada para 27/09.

    PUBLICIDADE

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADETupi FM

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Riotur abre a disputa para a realização do Réveillon de 2021 (em 10/09/2020)

    Três empresas querem viabilizar no Rio o Réveillon online/ (em 22/10/2020)

    SRCOM vai fazer o Réveillon virtual de 2021 no Rio (em 29/10/2020)

    Falta de patrocinador pode inviabilizar no Rio o Réveillon virtual (em 10/12/2020)

    Sem dinheiro e com pandemia, Crivella cancela o Réveillon (em 15/12/2020)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    45 − 38 =

    seta