• Pedro Duarte consegue novamente suspender a licitação de Paes

    Prefeitura do Rio

    A Prefeitura do Rio de Janeiro já oficializou que a Procuradoria Geral do Município está recorrendo da decisão do Desembargador Fábio Uchoa Pinto de Miranda Montenegro, que reestabeleceu a suspensão da concorrência de publicidade prevista para acontecer na próxima quarta-feira, 03/11.

    Fontes internas da Prefeitura adiantaram à Janela que a data de entrega das propostas não será cancelada até que haja uma decisão definitiva por parte da Justiça.

    A suspensão da concorrência é resultado de uma ação popular movida pelo vereador Pedro Duarte (Novo-RJ), que vem inclusive mobilizando, através das redes sociais, um abaixo-assinado para que se mantenha a licitação suspensa. Com meta de chegar a 7.500 assinaturas, ele já arregimentou, até o fechamento desta matéria, 6.202 nomes que se sensibilizaram com a chamada “Não podemos permitir que a Prefeitura do Rio gaste R$ 252 milhões com publicidade!”.

    Câmara lenta

    O processo de Pedro Duarte se baseia no que determina o artigo 49 da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), aprovada pela Câmara Municipal do Rio (CMRJ) e, depois, pelo próprio prefeito Eduardo Paes. Neste artigo, está definido que o gasto da prefeitura com publicidade não poderá exceder R$ 6 milhões em dois anos.

    Acontece que, arrependido, Paes apresentou à CMRJ, em setembro último, um Projeto de Lei, o 638/2021, para que a Câmara Municipal do Rio (CMRJ) elimine da LDO o artigo 49. Até aconteceu uma primeira votação aprovando a derrubada. Mas o sistema interno do órgão ainda levou a decisão a novas discussões.

    Por duas vezes, Pedro Duarte apresentou requisição para que as discussões fossem adiadas, sendo derrotado. No momento, o PL 538/2021 retornou à Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização Financeira da CMRJ para receber emendas, ainda não tendo data marcada para sua segunda votação.

    Tivesse caído o artigo 49, perderia o sentido a suspensão da licitação.

    Como ainda há 5 dias até a data marcada para a Prefeitura receber as propostas, muita água pode correr tanto na CMRJ quanto nos tribunais.

    Portanto, é melhor as agências ainda não desmontarem suas pastas.

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADESBT Rio
    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Justiça libera a licitação de agências da Prefeitura do Rio (em 04/10/2021)

    Câmara do Rio pode derrubar limite à publicidade municipal (em 20/10/2021)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta