• TIM faz concorrência e diz que processo é periódico

    Havas para Tim: Headphones

    Desde 2019 conta da Havas — agência que hoje leva o nome de BETC Havas –, a operadora TIM está ouvindo agências do mercado em processo de concorrência, que a empresa justifica como sendo um processo periódico. Dentro do pitch, estariam agências que não atendem o setor de comunicações.

    Aliás, na seleção de 2019 em que a BETC Havas foi escolhida, ela foi anunciada como dividindo a conta com uma joint venture que o Grupo WPP estava montando entre a JWT e a Ogilvy, com o nome de Squadra.

    Em junho de 2020, o mercado ficou sabendo que a WPP estava desmontando a Squadra, dispensando todos os seus profissionais, e a conta da TIM ficaria apenas com a HavasPlus, nome da empresa naquele momento.

    Como a Janela registrou na época, a Havas já estava presente no cliente antes da concorrência de 2019. Como Z+, ela abriu seu escritório no Rio em 2015 exatamente para atender a conta da TIM, dividindo a operadora com a WMcCann.

    PUBLICIDADETupi FM e NovaBrasil FM
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Conta da TIM vai toda para a HavasPlus e WPP desmonta Squadra (em 30/06/2020)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    *

    code

    Discussão

    1. Patricia

      Márcio, como são divulgados os processos para que as agências de candidatem a participação em concorrências assim? Muito obrigada!

      1. Marcio Ehrlich

        Patricia, no caso de concorrências promovidas por empresas privadas, não há divulgação. Normalmente seus executivos de marketing começam a acompanhar o mercado e vão selecionando as agências às quais especificamente convidam a participar.
        É um processo tão sigiloso que não é raro que as convidadas assinem um chamado NDA (Non Disclosure Agreement), concordando que não se manifestarão sobre a disputa.

    seta