• Eletromídia
    DPZ&T - Criatividade que gera resultados.
  • SESC/SENAC-RJ dão mais prazo para agências prepararem propostas

    Comemoração do time de vôlei do SESC-RJ (foto Alaor Filho)

    O Serviço Social do Comércio (SESC) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) do Rio adiaram para 29/11, quinta-feira, a entrega das propostas para sua concorrência de publicidade SESC/ARRJ nº 21/2018 e SENAC/ARRJ nº 07/2018, marcada anteriormente, para 29/10, o que dava apenas 19 dias para a preparação dos trabalhos, conforme apontado pela Janela na última quarta, 10/10.

    A nova data já foi alterada no edital, cuja versão corrigida poderá ser retirada na Gerência de Logística da Fecomércio (Rua Marquês de Abrantes, 99 – Flamengo) ou solicitada pelo e-mail licitacoes@sescrio.org.br.

    As propostas serão recebidas na nova data, às 10:30h, neste mesmo local.

    Sobre o edital

    A verba estimada de gastos no Edital é de R$ 80 milhões para o primeiro ano, sendo metade para cada órgão. Mas, como toda concorrência de governo, o anunciante alerta que pode não ser nada disso. Diz o edital que “estes valores poderão ser revistos, nos casos de alteração na política econômica, revisão no orçamento ou revisão na estratégia de investimento em campanhas e projetos de mídia”, e o SESC e o SENAC não estão obrigados a realizá-las em sua totalidade, “não cabendo à licitante vencedora, caso seja contratada, o direito de pleitear qualquer tipo de reparação”.

    O doloroso para a agência vencedora é que, mesmo não tendo a certeza de que vai gerenciar uma verba R$ 80 milhões, ela precisará fazer um depósito de R$ 800 mil na conta da contratante — correspondendo a 1% do valor daquela estimativa — como garantia.

    Além disso, para participar, a agência terá que comprovar um patrimônio líquido de R$ 1 milhão.

    Criação Interna

    Para quem quiser concorrer à conta, é bom saber que o SESC e o SENAC do Rio mantém internamente uma grande estrutura de criação, sob o guarda-chuva da Assessoria de Comunicação e Marketing, também responsável pelo relacionamento com a agência de publicidade contratada pelas instituições.

    Esta área de comunicação é hoje dirigida pelo criativo Heber Moura, um dos fundadores da agência carioca Via 4, e responde pelo material usado em comunicação interna, institucionais, treinamento e eventos.

    Até por conta disso, aparentemente, não há garantia de que toda a verba de comunicação estabelecida no edital de concorrência vá passar pela agência vencedora da concorrência.

    Não por acaso, em 22/05 último, na matéria em que a Janela registrava o lançamento da última campanha institucional do SESC/SENAC-RJ, apontávamos que a agência Nova/SB — que levou a concorrência de 2017 — era a responsável pela produção e veiculação dos trabalhos. A criação, segundo a própria ficha técnica distribuída à imprensa, era assinada pela equipe do cliente, à época tendo como diretor de criação Bruno Murtinho.

    Campanha "Vizinhas", criação da equipe interna do Sesc RJ e do Senac RJ, com produção e veiculação da Nova/SB.
    Campanha “Vizinhas”, criação da equipe interna do Sesc RJ e do Senac RJ, com produção e veiculação da Nova/SB.

    LEIA TAMBÉM:

    nova/sb ganha SESC/SENAC no Rio. Será que leva? (em 12/08/2017)

    Sesc tem nova campanha institucional assinada pela Binder (02/01/2018)

    Sesc e Senac do Rio vão à mídia com filme institucional (em 22/05/2018)

    SESC/SENAC-RJ lançam nova concorrência em regime de urgência (em 10/10/2018)

    (A foto da comemoração das atletas do time SESC-RJ é de Alaor Filho)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta