• Licitação de R$ 6 milhões do TSE só atrai quatro agências

    TSE - Fachada

    Não atraiu muitas agências a concorrência para quem fará a campanha de estimulo ao voto na eleição de 2022. Será por que as veiculações do TSE saiam de graça nas TVs e não gerem BV das emissoras?

    Seja porque motivo for, apenas as agências Fields (Brasília-DF), Klimt (Brasília-DF), Moove (cadastrada por sua razão social Publica, de Porto Alegre-RS) e Octopus (de Santo André-SP) compareceram na segunda-feira, 25/10, à sede do Tribunal Superior Eleitoral para entregar suas propostas.

    A despeito da inflação, o TSE não aumentou a sua verba desde sua concorrência de 2018, vencida pela agência NBS, que, no entanto, este ano, por decisão de sua controladora, a Dentsu Aegis Network (DAN), abriu mão de todas as suas contas públicas e deixou o mercado de Brasília.

    Naquele 2018, o TSE até chegou a receber 11 agências para a disputa, com nomes tradicionais como Artplan, Calia e Nova/SB.

    Os julgadores

    No último dia 13/10, o TSE decidiu por sorteio os nomes dos profissionais que vão analisar as propostas das agências. Com vínculo com o TSE entraram Ana Paula Carvalho Mendonça e Washington Luiz de Oliveira. Sem vínculo, Ricardo Moura Monteiro.

    Como suplentes, tendo vínculo, Alexandre Gomes Machado, Gleice Andrade da Cruz e Paulo Renato Thummerer Nicolini. Sem vínculo, na suplência, Natalia Bernardes Senna Veloso, Brazil Nunes e Fernando Velloso Filho.

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADESBT Rio
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    TSE abre concorrência para nova agência com verba de R$ 6 (em 20/06/2018)

    TSE atrai 11 agências por verba de R$ 6 milhões (em 25/09/2018)

    NBS encerra também com o TSE e decide deixar Brasília (em 23/06/2021)

    TSE abre concorrência depois de NBS deixar o mercado de Brasília (em 13/07/2021)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta