TSE muda edital para incluir logomarca e remarca concorrência

TSE - Urna Eletrônica

Quem quiser uma nova chance para disputar a conta de R$ 6 milhões do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode comemorar. O órgão passou para o dia 25/09 a entrega da documentação da sua concorrência 52/2018, que deveria ter acontecido esta semana e chegou a ser adiada “por tempo indeterminado”.

Segundo a Assessoria de Comunicação do TSE, consultada pela Janela, a Comissão de Licitação precisou adiar a entrega devido ao aditamento que foi feito ao edital, para que se acrescentasse a logomarca do TSE e o manual de identidade visual. “Em cumprimento à lei de licitação, com o aditamento do edital fez-se necessário conceder um novo prazo para a apresentação de documentos”, informaram.

A concorrência do TSE pede que as agências apresentem propostas de campanha com os objetivos de “Promover o voto como agente de mudança”, “Conscientizar a população sobre a importância do voto para a democracia” e “Informar e esclarecer o eleitor sobre as medidas de segurança adotadas para o processo eleitoral eletrônico”.

O órgão tem contrato até o final deste ano com a MullenLowe.

Todo o histórico de documentações do TSE pode ser encontrado em sua página “Licitações em Andamento“, selecionando a modalidade “Concorrência” e digitando, como objeto, “publicidade”.

LEIA TAMBÉM:

TSE renova com Mullen Lowe até 2018 (em 16/12/2017)

TSE abre concorrência para nova agência com verba de R$ 6 milhões (em 20/06/2018)

TSE suspende por tempo indeterminado escolha de nova agência (em 07/08/2018)

MX Publicidade
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta