• Eletrobras renova com Agência3 e Nova/SB, mas fala em licitação

    Eletrobras - Torres

    Mal deu três anos de contrato com as agências Agência3 e Nova/SB, escolhidas em tortuoso processo iniciado em 2015, a Eletrobras já aponta que quer fazer novamente uma licitação de publicidade.

    A estatal assinou com aquelas duas uma renovação, iniciando-se em 06 de abril, com a ressalva de que valerá por mais seis meses, “ou até a celebração de novo contrato decorrente da licitação em curso, o que ocorrer primeiro”.

    Só que, acredite, leitor, não há nenhuma licitação conhecida de publicidade em curso na Eletrobras, a não ser que esteja sendo planejada intramuros e não tenha chegado a público.

    Muitos mistérios

    A Eletrobras tem sido frequente no noticiário de economia e política, por estar há anos na mira das tentativas de privatização. Na última sexta-feira, 09/04, o presidente Jair Bolsonaro oficializou o processo, ao incluir a estatal e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) no Programa Nacional de Desestatização (PND), através de decreto publicado no Diário Oficial da União.

    Ao mesmo tempo, o líder da oposição na Câmara dos Deputados, Alessandro Molon (PSB-RJ), apresentou um projeto de decreto legislativo tirando a Eletrobras do PND.

    Fazer uma licitação de publicidade neste momento, pela atual administração da Eletrobras, não faria sentido, até em respeito às eventuais novas agências contratadas, sujeitas a ver a empresa mudar de mãos.

    Em maio de 2020, a Janela publicou que a verba institucional da Eletrobras havia sido de R$ 21,6 milhões em 2019, com informação retirada dos balanços oficiais.

    A assessoria, no entanto, nos enviou esclarecimento de que, apesar de, em 2019, os termos aditivos aos contratos com as agências registrarem que as despesas de publicidade seriam estimadas em R$ 21 milhões, elas não atingiram esse valor. E, em 2020, os novos termos aditivos registraram uma verba de apenas R$ 6,19 milhões, “em face a ajustes orçamentários”. Neste valor não estava incluída a verba para a campanha do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), que a Eletrobras costuma veicular todo ano. Em 2020, a verba do Procel, liberada em novembro de 2020, segundo publicação no DOU seria de R$ 7 milhões.

    Até este mês de abril, no entanto, não nos lembramos de ter visto no ar a campanha contratada com a Agência3.

    ATUALIZAÇÃO EM 13/04/2021

    A assessoria de imprensa da Eletrobras enviou os seguintes esclarecimentos a respeito da matéria:

    Os recentes encaminhamentos contratuais tomados pela Eletrobras são integralmente amparados pela legislação aplicável, as previsões contratuais e práticas de mercado. Os processos licitatórios são publicizados à sociedade a partir da divulgação de seu edital. Não se divulgam seu teor, datas e período de realização previamente, pois isso caracterizaria informação privilegiada ao mercado.

    Por fim, a campanha do Procel ainda não foi veiculada pois
    (i) seu processo de produção sofreu atrasos para que todos os protocolos de prevenção à Covid-19 fossem cumpridos rigorosamente, mas já foi concluído; e
    (ii) a mesma ainda está em aprovação pela Secom.

    ATUALIZAÇÃO EM 16/04/2021

    A Eletrobras publicou seu balanço de 2020, no qual se confirma a queda dos seus investimentos em comunicação em 2020, lembrando que, como dissemos acima, não houve a campanha de Procel prevista para 2020.

      2020 2019
    Publicidade Institucional Eletrobras 1.616.314,77 15.913.560,29*
    Publicidade Oficial (Legal) 4.735.742,08 4.329.256,19
    Comunicação Institucional (incluindo Comunicação interna) 649.976,32 974.571,31
    Total 7.002.033,17 21.217.387,79

    * O valor dos investimentos realizados em Publicidade Institucional no ano de 2019 foram atualizados, pois houve pagamentos do exercício de 2019 compensados em 2020.

    PUBLICIDADE

    Tupi FM.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Eletrobras prepara nova concorrência publicitária (em 22/10/2015)

    Eletrobras atrasa concorrência e fica sem agência (em 03/02/2016)

    Eletrobras define concorrência e deve voltar para Agência3 e Leiaute (em 08/07/2016)

    Eletrobras oficializa conta na Agência3 e Leiaute (em 21/10/2016)

    Eletrobras fecha com Agência3 e nova/sb depois de quase 3 anos (em 26/04/2018)

    Balanço da Eletrobras registrou R$ 5,8 mi em publicidade em 2018 (em 17/04/2019)

    Eletrobras renova com Agência3 e Nova/SB mas reduz verba (em 08/05/2020)

    Eletrobras libera R$ 7 milhões para campanha do Selo Procel (em 30/11/2020)

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    + 46 = 55

    seta