Concorrência chega ao fim e Nacional é confirmada no MinC

Vale + Cultura, do MinC

Três meses depois da entrega de documentação pelas agências, chega ao fim a concorrência nº 01/2018 do Ministério da Cultura (MinC), que se definiu pela agência carioca Nacional de Propaganda, vencedora tanto da fase técnica quanto da de preços.

Comandado pelo Ministro Sérgio Sá Leitão, o MinC licitou uma verba de R$ 20 milhões para o primeiro ano. A disputa, em sua fase inicial, chegou a receber um recurso da agência Escala, segunda colocada na pontuação técnica, o que levou o órgão, para se previnir pelo atraso, a renovar com sua agência atual, a Arcos, até a finalização do processo.

Em 22 de junho último, o MinC realizou a seção de Habilitação e aprovou as empresas Agência Nacional de Propaganda Ltda (CNPJ 61.704.482/0001-55), Escala Comunicação & Marketing Ltda (CNPJ 90.771.544/0001-40) e Debrito Propaganda Ltda (CNPJ 00.000.424/0003-18). Foi considerada inabilitada a Fields Comunicação Ltda (CNPJ 03.509.498/0001-00), que não compareceu à sessão, provavelmente porque, quarta colocada na pontuação técnica, preferiu não investir mais na burocracia da licitação.

Encerrado mais um prazo de recursos na última sexta-feira, 29/06, sem que qualquer concorrente se manifestasse, a Nacional poderá ser então anunciada a vencedora por Victor Hugo Martins Dos Santos, Presidente da Comissão Especial de Licitação do Ministério da Cultura, esperando apenas a assinatura do seu contrato.

LEIA TAMBÉM:

Ministério da Cultura licita R$ 20 milhões para publicidade (Em 09/02/2018)

MinC divulga nomes que vão julgar propostas das agências (em 02/03/2018)

Conta do Ministério da Cultura atrai oito agências (Em 26/03/2018)

Nacional sai na frente da concorrência do Ministério da Cultura (Em 24/04/2018)

Recurso atrasa disputa do MinC, que renova com a Arcos (Em 16/05/2018)

MX Publicidade
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta